Mídias Sociais

Destaque

Prefeito de Macaé abre sindicância para apurar denúncia de negligência médica à gestante no HPM

Bertha Muniz

Publicado

em

 

Segundo o município, a investigação do caso será realizada pela Procuradoria Geral.

Um dia após uma mãe dar a luz ao filho em uma calçada, depois de ter sido dispensada do atendimento no Hospital Público Municipal (HPM), no bairro Virgem Santa, em Macaé, o prefeito, Dr Aluizio, abriu sindicância para apurar os fatos que envolvem o atendimento da gestante. Segundo o município, a investigação do caso será realizada pela Procuradoria Geral.

A sindicância visa apurar uma “possível conduta inadequada”, devendo a comissão formada por dois servidores municipais, levantar informações sobre as circunstâncias narradas e apresentar um relatório conclusivo com cópia do procedimento ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e ao Conselho Regional de Medicina (Cremerj), no prazo de trinta dias, prorrogável por mais 30.

A prefeitura esclareceu também que a mesma gestante voltou a ser atendida pela unidade às 18h do mesmo dia, seguindo nesta quarta-feira (27) internada junto ao bebê na maternidade.

Portaria foi publicada nesta quarta-feira (27).

Mais lidas da semana