Mídias Sociais

Destaque

Convênio contempla criação do Retiro dos Jornalistas

Publicado

em

 

Comemorando 80 anos a Associação Fluminense de Jornalistas (AFJ) empossou a primeira mulher presidente e realizou o sonho de sua sede campestre e um retiro da classe em um lindo recanto do interior do Estado num belíssimo patrimônio que já abrigou a Casa da Moeda e será restaurado para este fim.

Em uma visita ao Instituto Niemeyer, Lúcia Machado, atual presidente da AFJ falou sobre um sonho antigo de um retiro para acolher os jornalistas idosos e de expandir a associação em todo o Estado do Rio de Janeiro, unindo a imprensa estadual.

Uma semana após a apresentação do projeto ao vice-presidente do Instituto, Thiago Sanderson apresentou a proposta ao presidente Paulo Sérgio Niemeyer e ao Prefeito Maneko sugerindo a Casa da Moeda como sede do que ele chamou carinhosamente de “Acervo Vivo da Imprensa Brasileira”.

“Estamos realizando mais do que um sonho, é um empreendimento de suma importância para os jornalistas. Agradecemos ao Prefeito de Engenheiro Paulo de Frontin, Maneko, e a todos os que prontamente responderam nosso chamado e parabenizo a Lúcia, pelo cargo e por esta grande conquista.” Thiago Sanderson

A solenidade aconteceu na última sexta feira (10 de setembro), no Hotel Fazenda Santa Bárbara, na cidade de Engenheiro Paulo de Frontin. Estiveram presentes além das partes participantes do convênio, autoridades e jornalistas de todo o Estado.

O arquiteto Paulo Sérgio Niemeyer, bisneto de Oscar Niemeyer (Presidente do Instituto Niemeyer) estará à frente da restauração e adaptação do espaço e sugeriu a vinculação da empreitada ao nome do renomado João Saldanha com a intenção de resgatar a vontade de Oscar Niemeyer de homenageá-lo. O que não conseguiu realizar em vida.

Paulo Sérgio Niemeyer também surpreendeu a todos presenteando o município com o projeto "Cristo em Ascensão", uma escultura de trinta e seis metros de altura que será erguida no alto de uma colina. O monumento e futuro ponto turístico da cidade poderá ser visto da sacada do retiro.

“Nossa família tem uma forte relação com as cidades do Sul Fluminense. Existem obras do Oscar Niemeyer no Vale do Café, e agora, o Instituto Niemeyer está iniciando uma nova história à partir do município de Engenheiro de Paulo de Frontin.”, afirmou Paulo.

A antiga casa da moeda, que antes estava abandonada, já está sendo preparada para a restauração. Na última semana, a empresa Pydna Assessoria e Participações, parceira do Instituto Niemeyer, retirou todas as esquadrias deterioradas e removeu aproximadamente uma tonelada e meia de entulho de toda a área interna e externa dos prédios com o apoio da Prefeitura.

"Chorei de emoção ao ver o local, meu sentimento é muito maior do que gratidão. Temos muitos jornalistas veteranos em situações difíceis com problemas financeiros e de saúde. A pandemia agravou a situação. São guerreiros e merecem a nosso carinho e consideração." Lúcia Machado

Segundo o Prefeito Maneko, Engenheiro Paulo de Frontin está iniciando um novo tempo. "Somos uma cidade rica de belezas naturais e nosso povo é trabalhador e hospitaleiro. Nosso objetivo é apresentar a nossa cidade para o Brasil e para o mundo, nossas ações irão aquecer o turismo e com ele trazer o desenvolvimento com geração de emprego e renda para os nossos moradores.

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Rua Tupinambás 122 Gloria – Macaé/RJ

comercial@diariocs.com
(22) 2765-7353
(22) 999253130

Mais lidas da semana