Mídias Sociais

Cultura

Sandra de Sá apresenta show acústico no Teatro Sesi Macaé dia 12 de março

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Daniela Bairros

O Teatro Sesi Macaé apresenta, no dia 12 de março, show acústico com Sandra de Sá, às 20h. Os ingressos estão sendo vendidos a R$ 34 (inteira) e R$ 17 (meia) na bilheteria do teatro.

“Sandra de Sá-Acústico” chegará ao palco da FIRJAN (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) Sesi Cultura para cinco apresentações: 12, 13, 14, 25 e 28 de março, respectivamente, nas unidades de Macaé, Campos dos Goytacazes, Itaperuna, Jacarepaguá e Duque de Caxias.

A cantora é um desses casos raros que não encontram similares na música brasileira por conta de sua personalidade, potência vocal invejável e timbre ímpar e inconfundível. “Acústico”, o novo espetáculo foi concebido como um presente para o público que a acompanha desde a consagração conquistada no Festival MPB-80, da Rede Globo. Recheado de hits, o show é uma viagem no tempo, um revival que, certamente, encantará os fãs, fidelíssimos. No roteiro musical, canções muito especiais, como “Retratos e Canções”, “Sozinha”, “Vale Tudo”, “Olhos Coloridos”, “Bye, bye Tristeza”, “Soul de Verão”.

No show, Sandra de Sá será acompanhada por um duo de músicos, entre percussão e violão/guitarra do primeiro time da black music e da MPB (Música Popular Brasileira).

Cantora, compositora e instrumentista, Sandra não ultrapassou a quatro décadas de sucesso por mero acaso. Vinda de uma família de músicos,  a artista ouvia de tudo na infância, adolescência, e chegou a frequentar alguns dos mais famosos bailes da periferia carioca. Esse mix de sons, ritmos e influências foram devidamente processados  e acabaram, para nossa alegria, resultando em uma obra única e apreciada por fãs de todas as idades, credos e cores. Do Brasil e exterior. Aliás, De Sá,  que conquistou todas as principais premiações nacionais, já foi indicada até a um Grammy Latino.

Sandra, cantora que transita, com facilidade em qualquer estilo (entre a MPB, o jazz, o blues, a música black e o samba..) é  praticamente, uma unanimidade pelo impressionante talento como cantora e compositora. Tanto é que consegue o aplauso do público, da crítica, dos chamados puristas, dos sambistas mais tradicionais  como a  Mocidade,  escola de samba da Zona Oeste do Rio de Janeiro, que escolheu o samba de Sandra de Sá para homenagear Elza Soares no Carnaval 2020 na Sapucaí, com o enredo "Elza Deusa Soares".

Os ingressos para assistir ao espetáculo  terão preços populares, e os shows serão realizados pela Firjan SESI Cultura.

Crédito: Divulgação/Beto Gatti

Mais lidas da semana