Mídias Sociais

Cultura

Poetisa Lorena Brites será a única representante da Região dos Lagos na FLIP

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

A Festa Literária Internacional de Paraty – Flip, este ano terá uma representante da Região dos Lagos. A poetisa e moradora de Arraial do Cabo, Lorena Brites, será a única artista da Região dos Lagos a participar do evento, que acontece entre os dias 25 e 29 de julho.

Lorena fará o relançamento do seu livro “Acervo de Palavras”. A obra foi lançada em 2015 pela Editora Autografia e desde então já passou por circuitos do cenário literário como as Bienais Internacionais do Livro do Rio de Janeiro e de São Paulo, sempre resultando em sucesso.

“O Acervo de Palavras se tornou mais do que um livro. Virou uma marca e um projeto de vida. Desde o lançamento venho percorrendo feiras, além de realizar ações ligadas ao incentivo da leitura; buscando sempre exaltar o nome da minha cidade e da região onde vivo. Tenho orgulho do meu primeiro livro ter feito tanto sucesso, e ainda hoje, após três anos, gerar frutos”, conta a escritora.

Para a escritora, estar na Flip é um sonho que se realiza apesar de todas as dificuldades. A autora que também é membra da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências, relata não ter conseguido patrocínio e irá para o evento com recursos próprios.

“A economia no Brasil está em declínio há algum tempo, e é compreensível que não haja apoiadores para colaborar com a minha participação no momento. Sempre almejei chegar a Flip e agora terei a oportunidade de realizar esse sonho. Será uma participação modesta, mas, o fato de estar no mesmo evento em que nomes da literatura fizeram história, já é o bastante”, diz.

O relançamento do “Acervo de Palavras” está marcado para o penúltimo dia da festa, sábado, 28, às 16h, na Casa Autografia: Rua Comendador José Luiz, 398, no Centro Histórico de Paraty – RJ. A programação é gratuita.

No regresso à Região dos Lagos, a poetisa já planeja iniciar os preparativos do novo livro de poemas, intitulado “Avesso Reverso”, contemplado pelo selo Lampejos, da Editora Penalux, ainda sem previsão de lançamento.

 

“Acervo de Palavras” – O livro foi a primeira obra de Lorena, que tinha 24 anos, quando ele foi lançado. Nas páginas, os leitores encontram poesias sobre coisas que inspiram a artistas ou situações que a mesma vivenciou, principalmente, durante sua adolescência e o início da sua vida adulta.

De acordo com Lorena, o livro não tem uma tema especifico pois trata desde os sentimentos despertados pelo amor até as decepções amorosas, além de trazer algumas reflexões sobre a vida.

 

 

Mais lidas da semana