Mídias Sociais

Cultura

No Dia do Turista, Macaé Convention lança Guia de Praias

Publicado

em

 

Daniela Bairros

Dia 13 de junho, foi comemorado o Dia Nacional do Turista, e para celebrar essa data que homenageia viajantes e exploradores de todo o mundo, o Macaé Convention & Visitors Bureau preparou um Guia de Praias da cidade, uma vez que o município é simpaticamente batizado de ‘Macaribe’. Do stand up paddle ao kitesurf, com um litoral chegando a 23km de extensão, Macaé tem praias para todos os gostos. São lugares paradisíacos e um convite aberto para passeios, esportes e aventuras. Confira as dicas e informações:

 Praia dos Cavaleiros

 A famosa Praia dos Cavaleiros é a mais conhecida e movimentada da cidade. Com infraestrutura, iluminação e policiamento, localizada na Zona Sul do município, concentra alguns dos melhores restaurantes, bares e hotéis. Possui um Polo Gastronômico que realiza festivais anualmente, atraindo turistas nacionais e internacionais e sedia a festa da virada de ano, com queima de fogos e shows musicais.

Paralelo a vibe point noturno, a Praia dos Cavaleiros é uma ótima opção para passeios com a família. Na areia, crianças brincam, moças se bronzeiam, enquanto outros jogam vôlei, futevôlei, altinha e frescobol. Na orla, caminhadas e corridas dividem espaço com as bicicletas, patinetes, skates e patins, tudo harmoniosamente.  Também existe o Espaço de Convivência da Praia dos Cavaleiros (ao lado do Posto 2), com aparelhos de musculação, parquinho e aulas gratuitas de ginástica, sob a gestão da prefeitura. 

 Própria para banho, tendo, em maior parte, ondas grandes e perfeitas para praticantes de bodyboard, também possui um pequeno trecho batizado pelos locais de Praia de Hollywood, extensão mais calma do mar, com uma piscina natural entre as rochas, indicada para a diversão da garotada. Nesta, os turistas podem usar o balanço público e registrar belas fotos.

 Praia do Pecado

 Conhecida como Pecado Beach, Pecadonésia ou Pecadinho, a Praia do Pecado tem uma ótima ciclovia e curta faixa de areia, com glamour mais elitizado e pegada mais jovial, também é reduto dos surfistas, aliás é nessa praia, que as melhores ondas se formam na região. Já foi palco de campeonatos profissionais de surf e bodyboard. Além disso, há professores que oferecem aulas particulares para quem deseja aprender. O slackline também reúne adeptos ao redor das sombras das árvores dessa praia. Jovens treinam profissionalmente e também se divertem como hobby.

 Há quiosques com lanches, chuveirão e algumas opções de hospedagem por lá. A praia do Pecado é uma continuação da Praia dos Cavaleiros, separada por uma reserva ambiental, e fica ao lado da Lagoa de Imboassica.

 Lagoa de Imboassica

 A Lagoa de Imboassica é um dos locais preferidos para lazer, e possui restaurantes com opções de drinks e petiscos, além de aluguel de pedalinhos e triciclos. Com calçadão, pista de ciclismo e vegetação nativa conservada, também recebe praticantes de canoagem, vela e stand up. Além disso, é o local mais incrível da cidade para apreciar o pôr do sol, realizar Luau e encontros românticos. Muito frequentada por equipes fotográfica, por possuir o cenário ideal para fotos de noivos, gestantes, modelos e influencers digitais.

 Praia Campista

 Com mar aberto e mais agitado, a Praia Campista é um reduto para os pescadores. Também frequentam o local, os praticantes de kitesurf por conta dos seus “bons ventos”. Além de ser o local das aulas práticas do esporte. Fica entre a Prainha (Farol/Cantinho) e a Praia dos Cavaleiros. O colorido das pipas de kitesurf e o radicalismo das manobras atraem fotógrafos e turistas.

 Praia das Pedrinhas

 Fazendo uma agradável caminhada de aproximadamente um quilômetro após a Praia do Pecado, existe um paraíso escondido, a Praia das Pedrinhas, onde tudo ao redor é vegetação, ao final dela há o impacto visual: brilho intenso do mar, calor das areias e águas mais calmas, cheias de pedras.

 Para chegar até as Pedrinhas há quatro opções: ir caminhando pela faixa de areia ou pelas trilhas, de bike pela trilha do morro, saindo da Lagoa de Imboassica em Macaé ou de carro 4 x 4, por Rio das Ostras. Tanto pelas trilhas como pela areia, o tempo aproximado de caminhada é de 25 minutos e o protetor solar é indispensável.

Para quem opta por ir pela trilha, o ideal é estar em grupo, já que o local é deserto. Para quem vai passar o dia na praia, uma boa dica é levar lanches e bebidas, pois a praia não tem quiosque.

 Praia do Farol Velho ou Praia do Cantinho

 Também conhecida como Praia do Cantinho, a Praia do Farol Velho é uma das mais belas atrações da cidade. Com apenas 500 metros de extensão, está localizada próxima a uma encosta rochosa onde estão as ruínas do velho Farolito. Tartarugas são sempre vistas e se tornam atração por lá.

 Para chegar nessa praia é preciso ir até a Petrobrás, localizada na Praia Campista e, seguir por 1 km, ao lado do portão da empresa, por uma calçada estreita. Indicada para quem gosta de tranquilidade, pesca e uma boa caminhada.

As ruínas do Farol Velho são um ótimo local pra fotos!

 Praia do Forte ou Praia das Conchas

 Ainda menor que a Praia do Farol é a Praia do Forte, também conhecida como Praia das Conchas. Essa possui apenas 180 metros de extensão e fica situada entre a Ponta do Forte Marechal Hermes, um dos patrimônios históricos da cidade e a Foz do Rio Macaé.

 Com uma larga faixa de areia dourada e uma mar azul tranquilo, não é sempre que está própria para o banho, sendo recomendado ao turista que verifique antes as condições do mar.

 Praia de Imbetiba

 A praia que foi o point das décadas de 70 e 80 fica situada próximo a sede da Petrobrás. Ela é utilizada principalmente para a prática de exercícios físicos, como caminhada e futebol de areia. A partir dela também é possível acessar o velho farol.

Nos arredores desta praia há atividade petrolífera. Parte desta praia está imprópria para banho e por isso, a maioria dos frequentadores prefere não tomar banho nela.

Recentemente também foi instalado um balanço turístico nessa orla, que osquesta junto à paisagem um cenário que rende boas reflexões e fotografias.

 Arquipélago de Sant’Ana

 Composto por 3 ilhas: a Ilha de Santana, a Ilha do Francês e o ilhote sul, o arquipélago é um APA (Área de Proteção Ambiental). É considerado um santuário ecológico com belíssimas praias, vegetação preservada e abrigando diversas espécies de aves que migram da América do norte no inverno.

 O acesso à praia do Francês é liberado, já para a de Sant’Ana, é necessário permissão da Marinha do Brasil, que leva em média 15 dias para ser aprovada. A  Ilhote do Sul  não tem praias, porém a visão é de tirar o fôlego, um verdadeiro cartão postal. É possível acessar o Arquipélago através de passeios de barco que podem ser contratados em uma das agências de turismo locais.

 Os donos dos barcos fazem todo o processo para a permissão, mas é preciso que o passeio seja combinado com antecedência. A orientação é que o visitante monte seu próprio grupo para a visitação.

 Muito mais que praias...

Além das belas praias, Macaé também tem muitas construções antigas, museus e monumentos. A gastronomia também é um dos seus pontos fortes a ser explorado. Já a Região Serrana macaense é muito frequentada por praticantes de esportes radicais, com trilhas que levam a picos e cachoeiras. Seja para desbravar, descansar ou passear, Macaé é uma boa opção para todos os gostos. Pois, além da farta beleza natural, tem a segunda maior rede hoteleira do Estado do Rio, acomodando com hospitalidade e conforto seus turistas.

Para Fernanda Costa, Turismóloga do Convention, o ser humano tem a necessidade de interação e de lazer e isso nos foi tomado durante a pandemia. “A cidade tem um potencial turístico gigante e estamos trabalhando para consolidar Macaé como principal destino turístico do interior do Rio de Janeiro. Minha expectativa é receber muitos turistas, e que os eventos voltem a acontecer. Espero em breve poder apresentar as ações da instituição, as trilhas da região serrana e a arte e cultura de forma geral aos visitantes. Temos a segunda maior rede hoteleira do estado do Rio, e uma gastronomia requintada . Estaremos de braços abertos".

A presidente do Macaé Convention & Visitors Bureau, Isabel Tunãs, a entidade está trabalhando para fortalecer nosso destino turisticamente, seguindo os protocolos de saúde e segurança. “Em breve, lançaremos um aplicativo onde o turista terá acesso a todas as informações relevantes para ter uma boa experiência na cidade. O app Visit Macaé fornecerá opções de hospedagens, bares e restaurantes, acampamentos e trilhas, pontos turísticos, serviços e comércio no geral. É um marco no Turismo da nossa cidade, concluiu.

 

Mais lidas da semana