Mídias Sociais

Cultura

Lei Aldir Blanc: Em São Pedro da Aldeia, Conselho Municipal de Cultura elege comissão

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Daniela Bairros

 

São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, será contemplada com R$ 711 mil da Lei Aldir Blanc, sancionada no dia 29 de junho e que prevê repasse de R$ 3 bilhões de auxílio emergencial financeiro ao setor cultural, um dos atingidos pela crise da Covid-19.

O Conselho Municipal de Política Cultural da cidade, durante videoconferência, elegeu os dois representantes da sociedade civil que farão parte da comissão que analisará os editais que serão premiados com os 30% da verba destinada ao município. O recurso, segundo nota da Prefeitura de São Pedro da Aldeia, já está na conta do Executivo local.

Fazem parte do grupo, criado pela Secretaria Adjunta de Cultura e CMPC,  a secretária adjunta de Cultura,  Edlúcia Marques, Vanessa de Almeida e Augusto César de Oliveira. Foram eleitos pela sociedade civil o ator e produtor cultural Rodrigo Sena e a agente cultural Tatiana Musse.

Com a verba já em conta, o grupo de trabalho, que está analisando o cadastro dos coletivos culturais com CNPJ ou sem comprovação jurídica, vai finalizar os trabalhos em setembro e os pagamentos devem começar a ser efetuados em outubro. Os CPFs individuais dos agentes culturais também foram analisados, mas o auxílio deles será pago com a verba destinada ao Governo do Estado.

Ainda segundo a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, foi decidido que dos R$ 711 mil, 70% seriam utilizados para o pagamento do auxílio emergencial, mas 30% como a lei prevê, serão utilizados em editais de projetos culturais.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana