Mídias Sociais

Cultura

Festival Cultural Benedito Lacerda começa na próxima sexta, 17, e terá eventos em 3 cidades da região

Publicado

em

 

Começa na próxima sexta-feira, 17, o Festival Cultural Benedito Lacerda, que volta a ser realizado no município depois de 8 anos desde o último espetáculo, em 2014, com duração até o próximo dia 26 de junho.

De acordo com a prefeitura, o objetivo do evento, que tem realização da Usina de Fomento Cultural, e patrocínio da Petrobras, é a preservação da memória e da obra do músico e compositor macaense com renome internacional em samba e choro.

Durante os 10 dias do Festival estão previstas atividades também em Campos dos Goytacazes e em Cabo Frio, além de Macaé, sempre com eventos gratuitos e oficinas virtuais e presenciais com inscrições através do site, usina.org.br, mesmo endereço onde estarão disponíveis as videoaulas.

Coordenador geral da Usina, o músico Marcos Kuíka contou que o projeto foi o único contemplado no Estado do Rio e uma dos 11 em todo o país, no Programa Petrobras Cultural (PPC), de 2012, na categoria Festivais de Música, tendo concorrido nacionalmente com outros 157 projetos.

A prefeitura lembra que o 1º Festival Cultural Benedicto Lacerda aconteceu em 2008, e depois nos anos seguintes até 2012, parando em 2013, e tendo sua última edição realizada em 2014, antes da atual, de 2020, após incentivo da Lei Rouanet, para realizar duas edições do Festival que não aconteceram devido à pandemia do coronavírus.
De acordo com o município, a Usina informou ainda que os locais dos eventos já possuem ou terão acessibilidade para portadores de necessidades especiais e banheiros adaptados, e que a programação completa do Festival oferece acesso à discografia completa de Benedicto Lacerda, com mais de 600 músicas.
Nascido em família humilde de Macaé, em 14 de março de 1903, e falecido em 16 de fevereiro de 1958, Benedito Lacerda aprendeu flauta sozinho, participou de grupos musicais no Rio de Janeiro, e formou uma histórica dupla com Pixinguinha, com quem fez uma série de gravações consideradas antológicas.

O Festival Cultural Benedito Lacerda começa na próxima sexta-feira, 17, com um show musical do Coletivo Choro na Rua, que convida Pedro Miranda e Nilze Carvalho, e acontece na Sociedade Musical Nova Aurora, que fica na Avenida Rui Barbosa, 551, no centro da cidade.

A programação segue, neste mês de junho, no dia 18, com show do Grupo Pé de Pitanga, juntamente com o Grupo Galocantô, em Campos; no dia 24, com o show do Coletivo Santo Samba, com Marquinhos Diniz, em Cabo Frio; no dia 25, com show do Conjunto Choro da Lyra, com O Choro Delas, que conta com Daniela Spilmann, Sheila Zagury e Clarice Magalhães, em Macaé; no dia 26, com o show da Orquestra de Sopros Banda Sinfônica, da Sociedade Musical Nova Aurora, em Macaé.

O evento conta ainda, de 17 a 26, com uma Exposição Biográfica na Cidade Universitária de Macaé, e uma Galeria de Exposições, da Secretaria de Cultura de Macaé, no foyer do Teatro Municipal, e nos locais de apresentações, e, de 18 a 24, com duas oficinas musicais virtuais, e duas presenciais, uma em Campos e uma em Macaé.

Mais lidas da semana