Mídias Sociais

Cultura

Escoteira macaense recebe condecoração internacional e torna-se a primeira do ramo sênior do estado e a quarta do Brasil

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Daniela Bairros

A escoteira macaense Victoria de Paula Paschoal recebeu do Diretor Presidente do 99º Grupo Escoteiro Mafeking, Edinilson Régis, o distintivo Escoteiro do Mundo. Com a condecoração internacional, Victoria é a primeira do ramo sênior e do Estado do Rio de Janeiro e a quarta do Brasil.

Victoria, hoje com 17 anos de idade, e mais conhecida como Vivi, ingressou no movimento escoteiro em 2014, quando tinha 12 anos. Foi convidada pelo chefe Williames Paixão, do 95º Grupo Escoteiro José Passos de Souza Júnior.

No ano passado, a escoteira renovou sua promessa no 99º Grupo Escoteiro Mafeking, fundado em abril de 2018. Em todos esses anos, Victoria obteve várias conquistas, dentre elas a Lis de Ouro, distintivo especial do ramo escoteiro e o Escoteiro da Pátria, distintivo especial do ramo sênior. No Escoteiro da Pátria, desenvolveu o projeto Escoteiros do Mundo, junto ao seu amigo, o sênior Gabriel Laureth Philippi, do 90º Grupo Escoteiro Pomerano, da cidade de Pomerode (Santa Catarina).

Sobre Escoteiros do Mundo

Escoteiros do Mundo é um programa mundial que faz parte da plataforma Better World (Mundo Melhor) e desafia jovens de 15 a 21 anos a pensar e agir contra os problemas da comunidade por meio de um trabalho voluntário, entregando a eles ferramentas, conhecimento e oportunidades para lidar com os problemas globais. O jovem deve trabalhar em seu projeto uma das três áreas do programa: desenvolvimento, paz ou meio ambiente, sempre levando em consideração seu próprio aprendizado e também o impacto positivo de seu trabalho voluntário.

O projeto desenvolvido foi a criação de um site com informações sobre o Sistema de Saúde Público e entidades assistenciais dos municípios de Macaé e Pomerode, em Santa Catarina, cidade do sênior Gabriel, com o intuito de facilitar o acesso da população às mesmas. Ao acessar o site, o cidadão poderá ter conhecimento da localização dos Postos de Saúde do seu Município e ficar ciente das especialidades que ali atendem. Além de saber a respeito de instituições que recolhem constantemente doações e cadastrar o seu e-mail para ficar por dentro de campanhas de arrecadações. Essa plataforma ainda se encontra aberta para expandir sua funcionalidade para outras cidades, contando com o interesse e a participação de colaboradores. O endereço da página é https://comunidadealerta.org.

Sobre o Movimento Escoteiro

O Movimento Escoteiro foi fundado em 1907, pelo General Robert Baden-Powell, na Inglaterra. Sem pretensões de trazer a rigidez militar, Baden-Powell aproveitou os elementos positivos de fomento à camaradagem, iniciativa, coragem e autodisciplina, bem como técnicas que seriam úteis no desenvolvimento dos jovens para criar um movimento educacional. No início era apenas para garotos, e foi criado o movimento bandeirante para as meninas, porém nos dias atuais meninas podem participar junto com os meninos do movimento escoteiro.

No Brasil, o movimento teve início em 1910 com um grupo de oficiais vindos da Europa que, após acompanharem o sucesso dele na Inglaterra, trouxeram consigo uniformes e acessórios escoteiros. Mas foi somente em  4 de novembro de 1924, foi criada a União dos Escoteiros do Brasil, acompanhando o desejo de B-P de ver o senso de unidade entre os diversos grupos escoteiros em cada país.

Dentro desse movimento, existem várias conquistas a serem alcançadas pelos jovens, dentro de seus ramos que são no Brasil: lobinho (6,5 a 10 anos), escoteiro (11 a 15 anos), sênior (15 a 18 anos), pioneiro (18 a 21 anos) e chefia (acima de 21 anos). Além do incentivo, este movimento auxilia na formação dos jovens, trabalhando inúmeras faces da cidadania, bem como nas suas dificuldades diárias, oferecendo suporte com atividades que contribuam para o desenvolvimento pessoal, afetivo, social e físico, sendo assim, um forte aliado aos pais e/ou responsáveis. Ademais, o escotismo proporciona atividades de níveis distritais e regionais a nacionais e mundiais, onde há integração de escoteiros de diferentes grupos, regiões e até países.

E foi numa dessas atividades, o Jamboree Nacional de Barretos/SP, em 2018,  que a Victoria e o Gabriel se conheceram. A partir desse encontro, nasce uma amizade que, mesmo com a distância, cresceu e através de muito esforço e dedicação, alcançou o sucesso do projeto.

Novas conquistas a aguarda ainda dentro do movimento e com certeza, com toda a determinação que ela tem, se tornará uma excelente chefe e um exemplo do que o movimento pode fazer na vida dos jovens!!!

Com o lema “Onde um vai todos vão!!” o grupo 99º Mafeking, têm crescido a cada dia. Hoje conta com 104 integrantes, dentre os quais 85 são jovens, que vêm destacando-se nas atividades as quais participam. O espírito de equipe e irmandade prevalece nas atividades e fora delas, fazendo com que estes jovens levem o aprendizado para o meio em que vivem. (Fonte: site Escoteiros do Brasil)

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana