Mídias Sociais

Cultura

Em Rio das Ostras, 16 blocos fizeram a festa durante os dias de folia. Macaé registra público de até 30 mil pessoas

Publicado

em

 

Desfiles foram pela orla do Centro e de Costazul e arrastaram milhares de pessoas. Em Macaé, blocos divertiram os foliões em vários pontos da cidade.

 

Daniela Bairros

O carnaval acabou, mas fica um gostinho de quero mais. Em Rio das Ostras, foram quatro dias de muita festa, alegria e diversão para toda família. Dezesseis blocos animaram o Carnaval 2019 na cidade. A festa garantiu também bom resultado para a rede hoteleira da cidade, cuja ocupação durante o feriado chegou a 90%

Os desfiles foram pela orla do Centro e de Costazul e arrastaram um grande número de foliões, dos tradicionais Blocana, Barata, Pescoço do Peru, Siri com Cãimbra, passando ainda por Bloquete, Saidera, Acadêmicos, Kerostas, Melhor Idade, Boi Bumbá, Bloco do Sandro Bailarino, Secretos e Bohemios, além dos Blocos Evangelísticos Advec, Amigos da Folia e LGBT Folia.

Os distritos de Rocha Leão e Cantagalo também tiveram um carnaval para lá de alegre e pela primeira vez. Nos quatro dias de folia, foram realizados bailes que animaram as localidades. Em Rocha Leão, a festa foi próximo ao Ginásio Esportivo José de Almeida, além dos Blocos do Caminhão, do Maguila e das Piranhas. Já em Cantagalo, Zona Rural, a folia aconteceu no Coreto da Praça Waldemar Alves Barcelos. Na segunda-feira de carnaval (04), o carnaval foi para o público gospel.

Em Costazul, o carnaval foi tomado pelas crianças durante a realização das matinês. Os pequenos se divertiram ao som de marchinhas.

Macaé

Segundo Samuel Marques,  o carnaval de rua de Macaé hoje é uma realidade. "Foram quatro dias de festa com muita animação e paz.  Tivemos cerca de 30.000 pessoas durante o carnaval,  A festa injetou aproximadamente R$ 3 milhões  na economia da cidade. Vários hotéis com 100% de ocupação, pessoas de outras localidades. O carnaval de rua de Macaé se consolida como o mais charmoso do interior do Rio, o carnaval da família, da paz. Somos um grupo formado por 5 blocos (`Pecado, Pentelhinhos, Chaplin's, Galo da meia noite e Boi capeta) , onde o movimento teve início em 2016 com o Bloco do Pecado,  saindo no sábado (02)  e em 2017 o movimento ganhou corpo com o grupo Resgatadores da Folia e estamos juntos até hoje. "  Gostaríamos de agradecer aos parceiros, ao apoio institucional da prefeitura de Macaé e as secretarias de Mobilidade Urbana, Guarda Municipal, Limpeza Pública, Saúde, Desenvolvimento e a Polícia Militar. E por fim nossa gratidão a todos os foliões que estiveram presentes no carnaval de rua de Macaé, pois tudo foi pensando com muito carinho para o público, o principal dessa festa", declarou.

Desfilaram em Macaé: Bloco do Pecado, Bloco Chaplin’s, Bloco Pentelhinhos, Bloco Galo da Meia Noite e Bloco Boi Capeta, além da banda Mirafolia, Bloco Bico do Urubu que se apresentou no Frade (região serrana) e o bloco Aerofolia da Família, no bairro Aeroporto e  Boi Suave Veneno.

Crédito: Divulgação

 

 

 

 

Mais lidas da semana