Mídias Sociais

Cultura

Em Casimiro de Abreu, Circuito Gastronômico e Cultural da Beira-Rio será lançado neste sábado (20)

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Evento será a partir das 15h e o público vai poder desfrutar de muita música, natureza, poesia, história, cultura e gastronomia de boa qualidade às margens do Rio São João.

Daniela Bairros

 

O Circuito Gastronômico e Cultural da Beira-Rio, em Casimiro de Abreu, será lançado neste sábado (20). O evento será a partir das 15h e o público vai poder desfrutar de muita música, natureza, poesia, história, cultura e gastronomia de boa qualidade às margens do Rio São João.

Empresários da Beira-Rio de Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu, preparam um lançamento especial do Circuito Gastronômico e Cultural da Beira-Rio.

Durante toda à tarde, o grupo Amigos da Seresta vai percorrer o circuito que segue da Praça As Primaveras até a Praça do Canhão. Durante o caminho, a seresta vai parando nos restaurantes da Beira-Rio, assim como o poeta Casimiro de Abreu, um dos maiores poetas da segunda geração romântica do Brasil, que irá declamar suas poesias para o público. No Museu Casa de Casimiro de Abreu haverá exposições de artistas locais. A Feira de Artesanato também marcará presença com lindas peças confeccionadas por artistas da cidade.

O circuito conta com  cinco restaurantes, cada um com sua especialidade. A cada mês, os restaurantes oferecerão, além do cardápio da casa, pratos promocionais ao valor de R$29,90 para o púbico degustar e conhecer um pouco da gastronomia local. Para lançar o Circuito, o restaurante Pôr do Sol vai oferecer um delicioso Bobó de Camarão no Prato com tempero especial da casa,  o Prosa Mineira terá o Carré Besta Uai, com couve frita e batata calabresa recheada com bacon moído e catupiry,  o Tempero de Pimenta terá o Risoto de Camarão, com cenoura flocada, camarão refogado ao vinho branco, lascas de queijo parmesão e tempero especial,  o Bistrô Café Simpatia vai oferecer Frango ao Tamarindo, com arroz de açafrão e batata rústica,  e o Caiçara terá em seu menu o Empadão de Camarão com catupiry e purê de banana da terra.

Cultura

Além da gastronomia variada, o circuito tem muita história para contar. Começando pela Praça As Primaveras e o Museu Casa de Casimiro de Abreu, onde nasceu um dos principais poetas da segunda geração do romantismo no Brasil. O imóvel era a residência da família e local de trabalho do pai do poeta.

Seguindo pela Rua Bernardo Gomes, mais conhecida como Beira-Rio, árvores centenárias são testemunhas vivas de um período em que o local era a principal rua de comércio da cidade. As Palmeiras Imperiais reforçam a passagem de Dom Pedro II e sua comitiva por ali. Elas representavam status e poder no período monárquico. Era preciso alvará para plantá-las. Apenas grandes fazendeiros tinham a espécie em suas terras, ou por onde passasse o imperador.

Pela Beira-Rio passou também o naturalista Charles Darwin, o cientista britânico que criou a teoria moderna da evolução. Darwin explicou a evolução das espécies por meio da seleção natural, onde os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes. Sua obra mais conhecida é “A Origem das Espécies”.

O Circuito acaba na Praça do Canhão, num trecho que concentra casarios bem preservados do período colonial. Além do canhão, o local conta com a antiga ‘bica’, onde os moradores de Barra de São João pegavam água para o consumo em suas casas.

Da Praça do Canhão se tem uma vista privilegiada do Morro São João. Com quase 60 milhões de anos, está localizado numa área com grande potencial para o desenvolvimento do turismo científico e ecológico. Do alto de seus 800 metros, o belíssimo Morro São João domina a paisagem na faixa costeira da região. Seu perfil pode ser contemplado a grandes distâncias, revelando uma forma que sugere a geometria de um vulcão. Encoberto de Mata Atlântica, atrai amantes das caminhadas por trilhas ecológicas e pesquisadores, que inclusive já descobriram espécies da fauna e flora que só existem por ali.

Crédito: Divulgação

 


 

Mais lidas do mês