Mídias Sociais

Cultura

Em Cabo Frio, Secretaria de Cultura planeja ações para realização de eventos virtuais devido à pandemia do coronavirus

Daniela Bairros

Publicado

em

 

 

Daniela Bairros

Enquanto municipios da região, como Macaé e Rio das Ostras, atendendo as medidas de prevenção e combate ao novo coronavirus, com a realização de eventos culturais pela internet, Cabo Frio ainda planeja ações futuras para ajudar artistas locais que estão sem trabalhar.

Integrantes da Secretaria de Cultura
se reuniram virtualmente nessa quinta-feira (7) para debater o futuro das ações da pasta. Pautas como o funcionamento digital de alguns equipamentos culturais e planos para movimentar e ajudar os artistas locais foram debatidas durante a reunião virtual.

Segundo o secretário de Cultura, Milton Alencar Júnior, é preciso aguardar os próximos passos recebidos por meio dos decretos municipais para pensar em reabrir algum espaço cultural.
Entre as pautas, o funcionamento digital dos espaços culturais da Casa de Cultura José de Dome, o Charitas, e o Espaço Cultural Torres do Cabo foi debatido como forma de seguir exibindo o trabalho dos artistas que expõem nos locais.

“Ainda vamos ver como podemos fazer isso, mas é uma ideia que surgiu e pode ajudar os artesãos que trabalham no Espaço Torres do Cabo e não estão tendo como trabalhar”, explicou Milton Alencar.

Outros planos começaram a ser traçados também para tentar abranger uma gama maior de artistas locais. “A campanha de arrecadação de alimentos para eles segue com o ponto de coleta no Charitas. Os artistas devem entrar em contato pelo telefone para que possam agendar o dia e a hora de retirada das cestas que estamos montando com o que recebemos”, lembrou ainda o secretário de Cultura de Cabo Frio.

O telefone para contato é (22) 99825-4339 e a entrada para o Charitas está acontecendo pela Avenida Nilo Peçanha.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana