Mídias Sociais

Cultura

Em Cabo Frio, Museu de Arte Religiosa divulga programação de outubro

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Na programação, diversos eventos como 1º Festival Frade Cervejeiro.

Daniela Bairros

O MART (Museu de Arte Religiosa) de Cabo Frio divulgou nessa segunda-feira (08), a programação de outubro. Serão realizados diversos eventos, entre eles, no dia 13 de outubro, a partir das 14h, o 1º Festival Frade Cervejeiro, com cerveja artesanal, gastronomia e show de rock com Léo Barreto.  O evento é uma parceria do museu com o Grupo de Cervejeiros Artesanais de Cabo Frio e reunirá produtores artesanais da bebida, opções de gastronomia e contará visitação gratuita aos espaços expositivos do museu e show de rock e blues.

Até o momento, está confirmada a participação das cervejarias Biersal Brewery, Lizard Brewing Co., Xand’s Beer, Tito Artesanal e Jecay Cervejaria. Serão pelo menos dez tipos de cerveja artesanal, totalizando cerca de mil litros preparados especialmente para o Festival. Para acompanhar a degustação, especialidades da gastronomia de food truck, com Lord’s Burguer (hambúrguer artesanal), Seven Food Bikes (espetinhos), Itinerante Top Snack (pastel), Rei das Fritas (batata frita no cone), Bendito Bacalhau (bolinho de bacalhau), além de July Marie (doces diversos) e Bora Bora Gelateria (sorvete na chapa – Ice Roll).

A atração musical, às 17 horas, ficará por conta de Léo Barreto, guitarrista, cantor e compositor de rock e blues, com mais de 25 anos de estrada.

A ideia é aliar a tradição, representada pelo monumento histórico que sedia o Mart, ao contemporâneo, o empreendedorismo dos produtores locais, buscando recuperar uma tradição do período medieval, quando a produção cervejeira ocorria nos conventos; além de se brincar com as palavras ‘confrades’ – membros das confrarias cervejeiras – e ‘frades’, religiosos que viveram há mais de um século no convento de Cabo Frio.

No dia 18 de outubro, das 10h às 14h, o Mart apresentará Histórias no Convento, com contação de histórias para grupos escolares previamente agendados junto à Divisão Educativa do Mart.  O projeto, que é uma parceria com a Secretaria de Educação/PMCF, acontece, em regra, toda terceira quinta-feira do mês, e é voltado para os estudantes do 1º ao 5º ano do ensino fundamental das redes pública e privada.

São contadas duas histórias: “DraMARTizando o passado, conhecendo o presente”, que conta a trajetória do antigo Convento de Nossa Senhora dos Anjos, desde o pedido para sua fundação, seus mistérios e curiosidades, até abrigar o Museu de Arte Religiosa e Tradicional; e uma outra história, que pode variar a cada edição.

É sabido que o ato de contar histórias contribui para o desenvolvimento cognitivo, físico, psicológico, afetivo, moral e social das crianças, despertando sua criatividade, socialização e disciplina. Além disso, o projeto aproxima os alunos ao museu, sensibilizando-os quanto à importância do patrimônio, não apenas como marco histórico, mas também como espaço de lazer e principalmente como importante fator para a construção de sua identidade.

É necessário agendar a participação da escola junto à Divisão Educativa do museu, através do telefone (22) 2646-7340 ou do e-mail mart@museus.gov.br.

Confira o restante da programação:

Dia 19 de outubro, às 14h: Lançamento do Livro “O Reino das palavras encantadas”, de Jaqueline Brum.  O Reino das Palavras Encantadas é uma história que convida crianças de todas as idades a mergulhar no universo literário de uma maneira lúdica e divertida.

A história conta que o nosso mundinho anda triste e que as pessoas andam se esquecendo do verdadeiro sentido das palavras. A princesa Mel entra em ação e convoca as crianças para uma grande missão: conhecer o verdadeiro sentido de algumas palavras e espalhá-las com amor por aí... A história é rica em poesia e palavras importantes como amor, bondade, família, respeito, gratidão, dentre várias outras que são apresentadas de forma encantadora. O livro é todo colorido, com conteúdo e palavras adequadas ao público infantil.

Dia 20 DE OUTUBRO, ÀS 15H: oficina livre de canto – viva a expressão da voz feminina, com kéren-hapuk.

A oficina abordará os seguintes temas: História e Funções da música – o reflexo cultural da sociedade; Feminismo – Luta, expressão e Arte; A mulher na música; Técnicas de canto – para a descoberta do corpo e para um ser livre; Prática de canto e da expressão de si mulher.

Busca elucidar a comunidade sobre a importância da música para a sociedade; a relação entre Arte, Música, sociedade e política; compartilhar técnicas de canto para melhor conhecimento de corpo e voz; promover o debate acerca do feminismo e suas realidades; provocar a união de mulheres da sociedade cabo-friense a fim de refletir sobre a importância da sororidade e introduzir a história da música e a educação musical como saber humano e como agente transformador, entre outros objetivos.

É voltada para jovens, adolescentes e mulheres que se interessam por Arte, Música, Política e Sociedade, Debate e Feminismo, educadoras, musicistas, cantoras, atrizes, e integrantes de movimentos sociais da comunidade, mulheres em geral a partir de 15 anos de idade. As inscrições devem feitas através dos contatos: (22) 99754-6186, (22) 99842-0428 ou do e-mail khapukarte@gmail.com, no período de 09/10 à 19/10/18.

Dia 25 de outubro, às 19h: música no convento, com kéren-hapuk, com o “canto de um novo tempo”. A cantora apresentará um repertório de compositoras brasileiras, que abordará períodos históricos do Brasil através da música e da arte da composição. Além disso, será um show simbólico para honrar a  criatividade e atuação feminina no mundo da música.

“Canto de um novo tempo”-“Musiké Téchne – Arte das Musas. As musas do Brasil” é um show musical que possui como principal característica ir além das representações musicais e estéticas, utilizando a música como expressão de arte e consciência.  O repertório formado por músicas de compositoras brasileiras relembra cantoras que marcaram épocas, apresenta diversas gerações musicais e aborda os temas importantes citados na música popular brasileira. Traçando um paralelo entre música e períodos históricos da sociedade brasileira, o show se estende para refletir os padrões de comportamento social ao perpassar dos anos, até o encontro das novas gerações.

Neste cenário, oferta ao público um espetáculo sonoro minimalista guiado pela voz de Kéren-Hapuk, acompanhada do violão, apresentando diversas músicas do cancioneiro popular em novas roupagens musicais e canções que foram guardadas no baú do desconhecimento popular pela invisibilidade de mulheres compositoras.

Dia 26 de outubro, às 10h e as 14h: palestra "igualdade de gênero", com joana rabelo, professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Parceria com a Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Inovação (COGETEI). A palestra, que tem como público-alvo os Professores da Rede Municipal de Ensino de Cabo Frio, é parte dos eventos que acontecerão no município durante a Semana Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, sob responsabilidade da Coordenadoria de Ciência, Tecnologia e Inovação (COGETEI).

Dia 26 de outubro, às 17h: astronomia no museu. Palestra “água em marte - vida e civilização”, com marcelo fernandes, coordenador da Rede Rio Astronomia, seguida de OBSERVAÇÃO dos astros em evidência. Todas as observações com telescópios dependem das condições de visibilidade e meteorológicas, por isso, fique atento a nossa programação no facebook para qualquer eventual cancelamento. Parceria: Rede Rio Astronomia, MART e a Coordenadoria de Ciência e Tecnologia/PMCF. Informações: Rede Rio Astronomia (22) 999143052.

Dia 27 de outubro, a partir das 15h: feira agroecológica do convento, com a presença do grupo griot – pesquisa, difusão, memória e tradição afro.

A Feira do Convento já se consolidou como um espaço de boas práticas agroecológicas, de encontro e confraternização entre os cabo-frienses. Sempre apresentando atividades culturais, o espaço é cada vez mais acessado pela comunidade, para adquirir produtos da região, de diversos produtores agrofamiliares e de jovens empreendedores e empreendedoras locais, que buscam novos mercados e novos consumidores. Acontece todo último sábado do mês, a partir das 15 horas.

Crédito: Divulgação


 

Mais lidas do mês