Mídias Sociais

Cultura

Dia de São Jorge será lembrado em programação religiosa em Macaé

Daniela Bairros

Publicado

em

 

De domingo (21) até terça-feira (23), a capela que fica na Rua Alcides Mourão, 67, no bairro Aroeira, vai oferecer diversas atividades à população.

Daniela Bairros

 

A tradicional festa de São Jorge, comemorada no próximo dia 23, será lembrada com uma programação religiosa em Macaé. De domingo (21) até terça-feira (23), a capela, que fica na Rua Alcides Mourão, 67, na Aroeira, vai oferecer diversas atividades à população. Fiéis e devotos do Santo participarão da festa.

As missas serão realizadas na Capela de São Jorge. Apenas a última do dia 23, às 18h, acontecerá de modo campal. No primeiro dia, domingo,  às 10h, será realizada a Santa Missa de Páscoa. Entre 12h  e 15h,  haverá feijoada, com música ao vivo. Já às 16h, ocorrerá Ação entre Amigos em prol de obra para construção do segundo pavimento da capela e nova fachada. Na segunda-feira (22), a Santa Missa será às 19h, seguida de festival de pastel e guloseimas.

O Dia de São Jorge, terça-feira (23), será o momento mais esperado, com mais presença devotos. A programação começará com a Santa Missa, às 6h;  Missa com a Juventude, às 10h e  Missa Campal, às 18h, na praça do Ciep Dr. Carlos Emir Mussi, em frente à Capela, seguida de  procissão. Depois das celebrações religiosas haverá barracas com churrasquinhos, também para ajudar nas obras do Santuário. Também será realizada uma apresentação cultural ministrada por Mestre Dengo.

A Capela de São Jorge comemora durante estas festividades, em 2019, 51 anos de existência.

História de São Jorge

Foi um soldado cristão do Império Romano no século IV. Quando o imperador Diocleciano declarou perseguição aos adeptos do Cristianismo, Jorge protestou e acabou sendo torturado pela insolência.

Morreu decapitado em 23 de abril de 303, mas sua história foi contada em diversas cidades do Império Romano pelos soldados que estavam em missão. Foi assim que ele ganhou sua fama e virou São Jorge, o santo guerreiro.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana