Mídias Sociais

Cultura

Devido ao Covid-19, empresas adotam home office e especislista dá dicas posturais para o trabalho em casa

Avatar

Publicado

em

 

 

Daniela Bairros

Para evitar a propagação do Covid-19, muitas empresas adotaram o home office. Mas trabalhar em casa também exige posturas adequadas para não termos consequências sérias.

A grande   questão desta nova modalidade, é que a maioria das pessoas não possui estrutura física e ergonômica para se manter sentado em frente ao computador por 8h diárias, por exemplo.

O home office também exige atenção. Fazer pequenos ajustes no ambiente residencial vai além de arrumar um espaço tranquilo para se manter longe das distrações. O fisioterapeuta e diretor clínico do ITC Vertebral, unidade de Guarulhos, Bernardo Sampaio considera que um dos principais erros na hora de realizar o home office é não ter o ambiente preparado para tal.  “Não contar com uma cadeira ou mesa específica para o trabalho é o grande vilão desse profissional. A dica nesse caso é não ficar muito tempo na mesma posição: se possível faça um apoio para a coluna lombar com uma toalha dobrada. Isso pode ajudar a reduzir os sintomas de dor nessa região e levantar de tempos em tempos se faz necessário.”

Outro erro comum, é não delimitar o espaço de trabalho. Ficar com o computador no sofá ou na cama, pode até parecer confortável, mas além de ser prejudicial à saúde também reduz a produtividade. “Além de poder causar dores e até lesões no futuro, posturas inadequadas diminuem a concentração. Por isso, é importante que você aja como se estivesse na empresa. Sempre atento a posição do seu corpo ao longo do dia, com a tela do computador na altura dos olhos e as mãos apoiadas” - orienta.

Ainda de acordo com o fisioterapeuta, realizar pequenas pausas e se movimentar durante o dia é fundamental para a circulação. Além da coluna, regiões como pescoço, punhos e panturrilhas também devem ser levados em consideração. Alongar essas regiões de tempos em tempos ajuda e muito, a aliviar e prevenir futuras dores. Pensando nisso, o fisioterapeuta Bernardo Sampaio listou alguns tipos de alongamento para ajudar nestes dias de mudança:

Pulsos

Para aliviar essa parte do corpo, o que você terá de fazer são rotações em sentido horário e anti-horário nos dois pulsos. Você pode fazer estas repetições sempre que começar a sentir dores ou entre o final de uma tarefa e o início de outra.

Braços
Junte as mãos e estique os braços para cima, deixando a postura ereta e o corpo bem elevado. Se mantenha nessa posição por 20 segundos e repita o movimento a cada duas horas (ou no intervalo de tempo que achar necessário). Você também pode variar a direção, fazendo isso com os braços para a frente, pelo mesmo tempo.

Pescoço
Para movimentar o pescoço e aliviar a tensão que geralmente depositamos nesta região, a dica do especialista é começar com movimentos bem suaves. Incline a cabeça, por 5 segundos, para cada lado e repita por 5 vezes. Depois faça o mesmo para frente e para trás e para finalizar faça o movimento de rotação completo nos dois sentidos, duas vezes para cada um deles.

Pernas
Para diminuir toda pressão que as pernas sofrem por ficarem na mesma posição durante horas, você pode realizar um exercício super discreto: estique uma perna até ficar reta e flexione os joelhos para baixo, repetindo o movimento 10 vezes em cada perna. Na última repetição da série, deixe cada um dos membros inferiores esticados por 15 segundos. Além disso, não se esqueça de dar uma caminhadinha pela casa a cada duas ou três horas para ativar a circulação sanguínea.
Panturrilhas:
Na hora em que você estiver em pé por algum motivo, junte as pernas, fique na ponta dos pés e, depois volte a posição inicial. Repita isso de 10 a 15 vezes sempre que puder. Com todas essas dicas, com certeza os dias de home office se tornarão mais produtivos e as dores vão ficar para trás.

Crédito: Reprodução

 

 

Mais lidas da semana