Mídias Sociais

Cultura

Dalton Freire: o músico que passeia da banda de baile ao jazz e bossa

Publicado

em

 

Daniela Bairros

Quando a canção “Viva Bossa” venceu o Festival de Música da Rádio MEC pelo voto popular em 2020, Dalton Freire sentiu que sua carreira musical como compositor estava se consolidando. O menino que entrou na música aos 15 anos de idade, quando ganhou o primeiro violão do pai, fez uma grande trajetória com seu principal instrumento, o saxofone. Até chegar em Rio das Ostras e compor o cenário dos bons instrumentistas, Dalton percorreu um caminho de sucesso. Hoje, além de multinstrumentista, assumiu seu lado cantor e compositor.

Desde cedo, Dalton Freire começou a se dedicar ao estudo com o saxofone, clarinete e flauta. O amor pelo sopro foi tão intenso que decidiu sair de Campos dos Goytacazes para fazer a faculdade de  música, com habilitação em sax, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mas o jazz o levou para estudos de aperfeiçoamento em Louisville, capital de Kentucky, nos Estados Unidos.

Ainda na década de 80, Dalton viajou dezenas de cidades brasileiras para tocar com uma banda de baile, que para ele foi uma grande aprendizagem. “Uma escola na prática. Eu tocava de tudo. Tinha que ensaiar e agradar públicos diversos. Aprendi muito nesta época”, disse.

Em 2020, a música “Viva a Bossa” venceu o Festival de Música da Rádio MEC pelo voto popular. A música autoral foi a guinada que Dalton precisava para “assumir” seu lado de compositor e investir na gravação profissional de suas primeiras canções, que estarão nas principais plataformas digitais até o final de 2021.

Em março de 2021, ajudou a idealizar e promover a primeira edição “Semana da Bossa Nova de Rio das Ostras” junto com um grande time de artistas da Cidade. O evento 100% on-line, por causa da pandemia da Covid-19, atraiu alunos para oficinas de canto e instrumentos, e público virtual para um show de encerramento.

“Foi a Bossa Nova que lançou o Brasil para o cenário musical em todo planeta. João Gilberto, por exemplo, é conhecido em todos os continentes, sendo respeitado por músicos de diferentes estilos”, disse Dalton.

A partir de abril, Dalton Freire colocará em prática uma antiga vontade de atuar como educador musical, que é dar aula específico para saxofonistas. Da segunda semana do mês até a primeira de maio, ele estará fazendo lives todas as quintas-feiras, às 19h30, em suas redes sociais, gratuitamente. Procure Dalton Freire no Facebook e Instagram e saiba mais sobre os eventos.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana