Mídias Sociais

Cultura

Curta metragem “O Barco” será exibido no Solar dos Mellos, em Macaé

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Filme, escrito por Guilherme Areias, será exibido na próxima quarta-feira (04), das 19h às 21h, no auditório Presidente Washington Luís, no Solar dos Mellos.

 

Daniela Bairros

O curta metragem “O Barco” será exibido na próxima quarta-feira (04) no Solar dos Mellos, em Macaé. O filme, escrito por Guilherme Areias, será exibido das 19h às 21h, no “Curta no Museu”. O filme também foi dirigido por Ana Clara Costa.

O curta, filmado em Macaé, trata das diferentes formas que membros de uma família lidam com os elementos que remetem à suas ancestralidades e à cultura afro-brasileira. Haverá uma roda de conversa com a equipe do filme após a sessão. A entrada é franca, mas com número limitado a 35 espectadores.  Durante o encontro, serão recolhidos brinquedos novos e usados (em bom estado) voluntariamente doados, que serão destinados a instituições sociais da cidade de proteção à criança pelo Natal.

Todo o elenco do filme é formado por atores macaenses. Victor Hugo Ribeiro, ator mirim, interpreta Pedro, que gosta de inventar novas formas de se divertir. Seu parceiro de cena, Ravi Mazzini, faz Gabriel, seu melhor amigo. Hélder Santana é Jair, o pai de Victor e marido de Janete, vivida por Yaisa Carolina. Além disto, o curta conta com a participação especial do Jongo Tambores de Macaé.

‘O Barco’ foi realizado com o apoio de moradores da cidade e graças à mobilização de alunos da Escola de Cinema Darcy Ribeiro – Instituto Brasileiro de Audiovisual, no Rio de Janeiro. A produção é um convite a ressignificar elementos de uma das matrizes culturais mais importantes do nosso país.

Este filme é o primeiro de Guilherme Areias, como diretor e roteirista. Ele é aluno do curso de Direção Cinematográfica da Escola Darcy Ribeiro, e ator pelo Curso Técnico de Teatro da Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (Emart), de Macaé. Já Ana Clara Costa começou seus estudos de Cinema como aluna de projetos sociais de audiovisual voltados para jovens de origem na periferia da cidade. Ela fez sete curtas metragens e duas web séries, nas áreas de direção, roteiro, fotografia e montagem. Todos os seus trabalhos são comprometidos com narrativas populares.

Crédito: Divulgação


 

Mais lidas do mês