Mídias Sociais

Cultura

Conhecendo Macaé: ‘Visita Guiada’ e ‘Lugares de Memória’ abrem agenda

Publicado

em

 

Iniciativa pretende oferecer a moradores e visitantes a oportunidade de conhecer a história de Macaé e de seus patrimônios

Da redação

O Solar dos Mellos/Museu de Macaé está com agenda aberta para marcação de grupos interessados em participar dos projetos que integram o Programa de Educação Patrimonial do município. A iniciativa pretende oferecer a moradores e visitantes, especialmente a estudantes e a professores, a oportunidade de conhecer a história de Macaé e de seus patrimônios arquitetônico e cultural, para a promoção de pertencimento, identidade, cidadania e conhecimento.

Os grupos devem ser formados por, no mínimo, dez pessoas e possuir transporte próprio. O agendamento é feito pelo telefone 2759-5049, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Os interessados em participar dos projetos de Educação Patrimonial pela Secretaria Municipal de Cultura, poderão ainda conhecer a Mostra Iconográfica ‘A morte e o morrer na antiga Macaé’, inspirada no livro da pesquisadora Maria da Conceição Franco, que fica até o dia 31 de agosto no Solar dos Mellos.

Mas a exposição é somente uma das etapas do roteiro. O projeto ‘Visita Guiada’, que integra o programa Museu-Escola, tem atividades para estudantes tanto do pré-escolar até o 3º ano do ensino fundamental, quanto para grupos com escolaridade a partir deste nível ao doutorado. O público é recepcionado por historiador no pátio do Solar onde conhecem a história da casa. Já no interior do prédio, além de visitarem a mostra e conhecerem o patrimônio artístico cultural exposto, assistem a desenhos animados que tratam de três lendas da região serrana e uma lenda do litoral da cidade. São elas: ‘A biquinha do amor’; ‘A porquinha de tamancos’, ‘João Gira’ e ‘Vinagre’.

Já os visitantes com escolaridade acima do 3º ano do ensino fundamental vão conhecer a síntese geo-histórica de Macaé, nos períodos colonial, imperial e republicano e sobre a vida do personagem histórico Motta Coqueiro, além da arquitetura do Solar, localizado na rua Conde de Araruama, 248 -Centro.

A Secretaria de Cultura oferece ainda às quartas-feiras, nos turnos da manhã e da tarde, o 'Lugares de Memória'. Este projeto consiste em um tour histórico, turístico e cultural pelo Solar, pelo Forte Marechal Hermes e pela Igreja de Sant'Anna.

Guardas municipais seniores qualificando-se como agentes de informações turísticas; vereadores mirins preparando-se para o mandato; membros de projetos criados como medida de mitigação exigida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e turmas de estudantes das redes públicas e particular já participaram do programa de Educação Patrimonial do município. “Estamos reforçando algumas parcerias e firmando novas para acrescentarmos outros locais históricos no roteiro”, disse o historiador do museu, Bruno Azevedo.

A guarda municipal de 73 anos de idade, Adelair, participou dos dois programas oferecidos pelo museu. “Adorei! Especialmente porque abriu a minha mente sobre as histórias de Macaé e me ajudou quanto ao modo de me expressar. Passei a ter interesse pelo estudo e pela história do município”, disse. Também a orientadora pedagógica da Escola Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel, Carmem Helena, elogiou os projetos. Ela pretende agendar turmas para visitação este ano. "Já trouxemos algumas turmas em anos anteriores. Os alunos conheceram as lendas e a história da cidade e desenvolveram trabalhos com o tema da mostra. O nosso objetivo é a construção de identidade e cidadania. A pesquisa que ultrapassa os muros da escola faz o aluno vivenciar experiências novas. Fomos muito bem recebidos", destacou Carmem.

Crédito: João Barreto

 

 


 

Mais lidas do mês