Mídias Sociais

Cultura

Casa dos Velhinhos de Casimiro de Abreu lembra Dia dos Avós neste domingo (26) com ações realizadas pela instituição

Daniela Bairros

Publicado

em

 

Daniela Bairros

No próximo domingo (26) é Dia dos Avós e para a data não passar em branco, a Casa dos Velhinhos de Casimiro Abreu, lembrará da ocasião com ações realizadas pela instituição, que está na presente na cidade há 40 anos.

Em 2019, um grupo de empresários, profissionais liberais e moradores de Casimiro de Abreu se uniram para arrecadar fundos à Casa dos Velhinhos Luiz Laurentino. Uma prestação de contas desta mobilização, ocorrida de 19 de setembro do ano passado a 29 de fevereiro deste ano, em prol da instituição, será realizada.

Para a produção desta campanha, foram realizadas atividades com cabeleireiros, manicures, maquiadores e massagistas preparando os idosos para que fossem filmados e fotografados para o desenvolvimento de um calendário muito especial. Foram realizadas também diversas atividades de entretenimento aos idosos, como apresentações de coral, grupo de teatro, dança e música instrumental.

Com as mobilizações em prol da entidade iniciadas no ano passado, foram arrecadados R$ 34.821, 08 líquidos à Casa dos Velhinhos. E toda essa campanha teve ajuda de empresários locais. Felizes, todos afirmaram que os objetivos financeiros foram atingidos e que outras ações serão realizadas.

Devido à pandemia da Covid-19 não foi possível comercializar cerca de 2.733 calendários, os quais serão transformados em novos produtos para serem vendidos. Toda arrecadação será revertida à Casa dos Velhinhos de Casimiro de Abreu.

História

A Casa dos Velhinhos Luiz Laurentino da Silva foi fundada em 1978 com o intuito de acolher idosos. É uma instituição filantrópica, sem fim lucrativos, administrada pelo Padre Alexandre Guidio, atual presidente,  e apoio religioso da Irmã Ana Maria Aparecida da Silva.

Acolhe aproximadamente 60 idosos, entre homens e mulheres, onde são oferecidas assistência de diversos profissionais, entre eles: Cuidadores em geral, técnicos de enfermagem 24 horas, enfermeiro, médico, psicóloga, assistente social, nutricionista, farmacêutico e fisioterapeuta semanais.

A casa possui aproximadamente 60 funcionários dedicados, com horários de visita restritos, devido às complicações com a pandemia do Covid-19.

Contam também com ajudas semanais e mensais de voluntários, de forma laica, ou seja, independente de religião, raça política.

 

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana