Mídias Sociais

Covid-19

Quissamã também já iniciou vacinação contra o coronavírus seguindo orientações do Ministério da Saúde

Publicado

em

 

Assim como aconteceu em Macaé, Rio das Ostras, Cabo Frio e Armação dos Búzios, entre outras cidades da região, a vacinação contra o coronavírus começou em Quissamã nesta terça-feira, 19, também com prioridade para os profissionais de Saúde que atuam na chamada linha de frente do enfrentamento à pandemia.

A 1ª servidora imunizada no município pela vacina desenvolvida em parceria entre o Instituto Butantan, de São Paulo, e a farmacêutica chinesa Sinovac Biontech, foi a enfermeira Jussara Alves (ao centro, na foto), que atua na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus (HMMMJ).

De acordo com a Prefeitura de Quissamã, o governo estadual entregou ao município 360 vacinas de um total de 720 para as duas doses ainda na manhã desta terça-feira, o que permitiu à gestão do município agilizar o início da imunização, que a princípio estava marcado para esta quarta-feira, 20.

Na mesma terça-feira, outros profissionais da Saúde foram vacinados ao longo do dia no HMMMJ e no Centro de Triagem Respiratório (CTR), seguindo o Plano Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, que definiu os grupos prioritários.

Segundo a prefeitura, Jussara Alves é servidora do HMMMJ há mais de 10 anos e especialista no tratamento em UTI, que vem atuando, desde o início da pandemia, em março de 2020, no atendimento aos pacientes com coronavírus.

“É um momento de muita emoção e de agradecimento para todos que estão envolvidos nesta nova fase. Todos estão ansiosos pela vacina e ser a 1ª imunizada em Quissamã é muito especial. Como profissional da Saúde, especialmente da linha de frente, quero falar que a vacina é segura e que todos devem se imunizar, sem medo”, comemorou Jussara Alves.
Presentes à vacinação, a prefeita Fátima Pacheco (DEM) e a secretária de Saúde, Renata Fagundes, acompanharam a abertura da campanha no HMMMJ, garantindo que, neste 1º momento de vacinação, a prioridade são os profissionais de Saúde que atuam na linha frente do combate à pandemia.
“A campanha está sendo iniciada hoje, repleta de esperança. Neste 1º momento, seguindo as orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, estamos vacinando os profissionais da linha de frente da Saúde. A vacina chega em um momento importante para combater uma pandemia, com muita expectativa da população”, avaliou Fátima Pacheco.
A prefeitura explicou ainda que a responsabilidade pela distribuição da vacina é do governo federal, através do Ministério da Saúde, que repassou aos governos estaduais, que por sua, vez, obedecendo às diretrizes do PNI, repassaram as vacinas aos municípios.

O município lembra que já havia assinado um termo de entendimento com o Instituto Butantan, assim como fizeram também as prefeituras de Macaé e São João da Barra, entre outras, para aquisição de doses da vacina, mas representantes do instituto paulista disseram em um programa da CNN que os acordos seriam desfeitos após o anúncio da compra das vacinas pelo governo federal.

Assim como em todos os municípios que estão aplicando a CoronaVac em todo o país, a imunização em Quissamã ocorre em duas doses, com 2ª dose sendo aplicada apenas entre 14 e 28 dias após a aplicação da 1ª dose.

Mais lidas da semana