Mídias Sociais

Cidades

Verbas do Fundeb em Cabo Frio ultrapassam 55 milhões em 2016

Avatar

Publicado

em

 

Cabo Frio recebeu só esse ano mais de 55 milhões de reais de repasses do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica). E a prefeitura insiste em justificar a falta de dinheiro como responsável pela greve dos professores. Mas dados do Demonstrativo de Distribuição da Arrecadação, do portal do Banco do Brasil, mostram que a situação dos cofres públicos é bem diferente do que diz o prefeito.

De acordo com o portal, de janeiro a 21 de junho deste ano, a cidade recebeu um total de R$ 55.707.498,01 (cinquenta e cinco milhões setecentos e sete mil quatrocentos e noventa e oito reais e um centavo). Valor mais do que suficiente para arcar com a folha mensal da Educação, que gira em torno de 40 milhões. Isso evitaria os atrasos nos salários, e consequentemente, evitaria a greve.

Apesar alta quantia que recebeu, Cabo Frio não consegue equilibrar as contas e continua com os salários dos profissionais da educação atrasados. Vale lembrar que essa verba federal é carimbada, ou seja, para uso exclusivo com o a educação.

Enquanto a falta de transparência continuar a reinar em Cabo Frio, a cidade não vai pra frente. A greve da Educação vai continuar, e quem vai pagar essa conta são os estudantes, que já dão o ano letivo de 2016 como perdido.

 

Mateus Marinho

Mais lidas da semana