Mídias Sociais

Cidades

Três comércios são interditados pelo Procon em Arraial do Cabo

Publicado

em

 

O órgão encontrou diversas irregularidades nos estabelecimentos alimentícios. 

Três estabelecimentos, que trabalham com venda de alimentos, em Arraial do Cabo foram interditados nesta semana pelo Procon municipal. Todos estavam em desconformidade com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o Código de Defesa do Consumidor, o que compromete a qualidade do serviço prestado ao consumidor.

A primeira interdição ocorreu em um comércio que vendia quentinhas na Praia Grande. O local não tinha a documentação necessária para funcionamento. Além disso, o serviço funcionava dentro da casa do proprietário, onde também foram encontrados alimentos sem especificação e mal armazenados.

O segundo estabelecimento foi uma adega localizada na Prainha, também sem documentação, sem as placas informativas, sem o Código de Defesa do Consumidor, além de irregularidades dentro da cozinha.

Por último, o órgão interditou um restaurante na Praia do Anjos. O local não possuía o Livro de Reclamações, comandas para controle dos consumidores (conforme a Lei Municipal 2027/17), produtos sem especificação, funcionários manuseando alimentos sem luvas e máscaras.

 

Mais lidas da semana