Mídias Sociais

Cidades

Trabalho de combate à proliferação do Aedes aegypti em Macaé segue nesta semana em vários bairros da cidade

Avatar

Publicado

em

 

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão da Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Macaé, continua nesta semana, realizando os trabalhos de combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor da transmissão de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Mesmo durante a pandemia do coronavírus, o município continua atuando para impedir também que a população se esqueça das ações importantes para combater a proliferação do mosquito, principalmente com a proximidade da chegada do verão.

Além do combate ao Aedes aegypti, os agentes de endemias do CCZ de Macaé também atuam na realização de controle de roedores e do culex, gênero de mosquito mais conhecido como pernilongo ou muriçoca, e que engloba mais de 300 espécies.

Nesta terça-feira, 8, as equipes do CCZ recomeçaram as visitas domiciliares realizadas pela cidade, ação que deve seguir até a próxima sexta-feira, 11, com objetivo de orientar a população sobre a importância do controle do mosquito e fazer a aplicação de larvicida e controle mecânico nas residências e terrenos.

“Neste mesmo período [essa semana] acontecerá o bloqueio de casos suspeitos e positivos em diversos pontos do município. Haverá medidas como eliminação de criadouros inservíveis, como latas, garrafas, potes, casca de ovo, copos descartáveis e outros, bem como proteção daqueles servíveis. As equipes também irão atuar em pontos estratégicos como empresas, praças, borracharias e depósitos de materiais recicláveis com orientação, inspeção, eliminação e aplicação de inseticida de ação residual nos depósitos, por meio de bombas aspersoras”, revelou a prefeitura.

O município acrescenta também, sobre as ações de combate ao Aedes aegypti, que o CCZ realizará o reconhecimento geográfico, com produção e atualização dos mapas dos bairros, numeração dos quarteirões, identificação de ruas e logradouros, quantitativo dos imóveis do município por tipo, para a programação das operações de campo, de pesquisa entomológica e tratamento químico.

O novo cronograma divulgado pela prefeitura estabelece que, até esta sexta-feira, as equipes do CCZ devem percorrer os bairros Parque Aeroporto, Aroeira, São Marcos,  Praia Campista, Sol y Mar, Cavaleiros e Botafogo, Centro, Barra de Macaé, Lagomar e Botafogo, enquanto o carro fumacê deve visitar as ruas dos bairros Jardim Franco, Virgem Santa, Praia Campista e Fronteira.

Ainda segundo o município, os agentes de endemia devem percorrer ainda os principais canais da cidade, na Virgem Santa, no Horto, na Aroeira, no Capote e no Novo Botafogo, fazendo o levantamento do índice larvário do pernilongo, através da técnica de conchadas, para a coleta de amostras, e posterior aplicação de larvicida biológico, que é feito com máquina pulverizadora costal ao longo das margens dos canais.

Mais lidas da semana