Mídias Sociais

Cidades

Servidores da Região dos Lagos vivem incógnita sobre 13º salário

Publicado

em

 

Prazo para o pagamento da 1º parcela do benefício encerra nesta quinta-feira, 30.

Termina nesta quinta- feira, 30, o prazo para empregadores de todo o país pagarem a primeira parcela referente ao décimo terceiro salário. Mas para os servidores das cidades da Região dos Lagos, o recebimento do benefício continua sendo uma incógnita. A maior parte das prefeituras não tem dinheiro em caixa para pagar o abono.

Em Cabo Frio, onde a situação é uma das mais delicadas, já que os servidores não conseguiram ainda se quer receber o benefício do ano passado, a Prefeitura tenta vender a folha de pagamento para os bancos. O processo deve ser realizado no próximo dia 06.

Até o momento, os bancos Bradesco, Itaú e Santander já pegaram o edital. A expectativa é que na próxima quarta-feira, os servidores consigam uma notícia positiva.

Em Arraial do Cabo, a situação também é bem delicada. O município ainda não sabe quando pagará o benefício aos servidores. Isso porque a prioridade no momento é quitar a folha de pagamento, que vem sofrendo atrasos consecutivos.  Em nota, a secretaria de Fazenda, disse que está trabalhando para “regularizar o salário de todos os servidores e posteriormente efetuar o pagamento do décimo terceiro salário”.

Em Búzios, município que não tem histórico de atraso de salários, ainda não divulgou quando pagará o 13º salário aos servidores. A expectativa é que o benefício seja depositado antes do dia 20 de dezembro, prazo estabelecido para o pagamento da 2º parcela aos trabalhadores.

Em São Pedro da Aldeia, as notícias são um pouco melhores. A administração municipal informou que pagará o benefício em cota única até o dia 20 de dezembro.

 

Mais lidas da semana