Mídias Sociais

Cidades

Semana do Pescado em Macaé terá descontos no Mercado de Peixes e pratos especiais em 11 restaurantes dos Cavaleiros

Publicado

em

 

Com 11 pratos especialmente criados para o evento, o Polo Gastronômico dos Cavaleiros celebra a Semana do Pescado em Macaé, que acontece até o próximo dia 15 deste mês, na orla e no Mercado Municipal de Peixes, com a grande variedade de ofertas de pescado.

O evento tem a parceria da Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio (Fiperj), e do Polo Gastronômico dos Cavaleiros, com o apoio da Prefeitura de Macaé e tem o objetivo de fomentar as vendas e também incentivar a alimentação saudável com o consumo do pescado.

Secretário adjunto de Pesca e Aquicultura de Macaé, Jair Barcelos explicou que, no Mercado de Peixes da cidade, os consumidores encontrarão descontos nas 44 bancas de pescado e nas 18 bancas localizadas no Anexo Hamilton Rodrigues Mansur.

Segundo a prefeitura, as duas unidades seguem todos os protocolos de segurança adotados desde o início da pandemia do coronavírus, em março de 2020, com as flexibilizações de acordo com as cores das bandeiras de nível de alerta, visando sempre a prevenção do contágio do vírus.

Entre os pratos criados e comercializados com preços acessíveis pelo Polo Gastronômico dos Cavaleiros para a Semana do Pescado em Macaé estão, o “Pargo Recheado”, do Durval Restaurante; a “Panelinha do Mar”, do Feito com Arte; o “do Mar”, do Kebab; o “Filé Crocante”, do Chico Pedra; a “Tilápia Grelhada com Camarões e Batatas”, do Luigi; o “brownie com sorvete de creme com calda de gianduia”, do Guria Café; o Delícia do Mar, da Estação da Praia; os “Dadinhos de Tapioca com Dua de Frutos do Mar”, do Ilhote Sul; o “cheesecake de tiramissú”, do Mirabolando; o “Salmão Grelhado na Brasa”, do Mokaiê; e a Pescada Amarela à Belle Munière”, do Picanha do Zé.

Os restaurantes, inclusive, apresentam diversas opções de pratos ao longo de todo o ano em que usam como principal ingrediente, peixes, crustáceos e outros frutos do mar comercializados na cidade.

Principal ponto de venda do pescado em Macaé, o Mercado de Peixes fica na Avenida Presidente Sodré, no Centro, juntamente com o Anexo Hamilton Rodrigues Mansur, e funciona de segunda a sexta-feira, de 7h às 17h, aos sábados, de 7h às 16h, e aos domingos, de 7h às 14h.

O evento em Macaé é realizado pelos empresários do setor pesqueiro e de aquicultura da cidade, também tem apoio da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan) e do Sindicato da Indústria do Pescado do Estado (Siperj), que, além de incentivar o consumo do pescado, tem o intuito de estimular a economia e fortalecer a indústria pesqueira no município e no Estado.

A Firjan lembra que o pescado fluminense sofre concorrência forte dos produtos de outros estados, como São Paulo, Santa Catarina e Paraná, e acaba vendendo menos do que as empresas dessas regiões.

Por isso, a Semana do Pescado pretende, com apoio dos pescadores, das indústrias de pescados, dos setores de supermercados e de bares e restaurantes, criar uma cultura do consumo de pescado, principalmente nas cidades que têm vocação para o setor.

Além dos eventos gastronômicos, a Semana do Pescado também tem a proposta de descentralizar as ações dos grandes centros de produção e consumo do pescado no Estado, para atingir todas as cidades fluminenses.

“Estamos incentivando também a produção de peixes em águas interiores, com o desenvolvimento, por exemplo, da tilápia, de trutas e outras espécies”, pontou Sérgio Ramalho, presidente do Siperj.

Mais lidas da semana