Mídias Sociais

Cidades

Secretária de saúde de Casimiro de Abreu é denunciada ao MP por pagar altos valores em água

 

Segundo a denúncia, o órgão teria pago o valor de R$7,00 em um produto, que atualmente custa R$5,00.

Avatar

Publicado

em

 

A secretaria de saúde de Casimiro de Abreu foi denunciada ao Ministério Público por conta da aquisição de água com valor incoerente ao mercado. Segundo a denúncia, o órgão teria pago o valor de R$7,00 em um produto, que atualmente custa R$5,00.

No contrato assinado no dia 20 de janeiro do ano passado, um contrato teria sido assinado com a empresa Real Bramar Comércio e Serviços, para o fornecimento de 500 galões de água mineral (só a água) pagando R$ 7,00 por unidade, totalizando o valor de R$3.500,00. O problema, é que atualmente um ano depois, ainda existem inúmeros fornecedores que comercializam o mesmo produto pelo valor de R$5,00 no varejo.

Ainda segundo o denunciante, não consta do Portal da Transparência nenhuma informação sobre os pagamentos feitos à Real Bramar, que tem pelo menos mais um contrato com a Secretaria de Saúde e outro com a Secretaria de Educação.

A Prefeitura de Casimiro de Abreu, por meio da Corregedoria Geral do Município, informou que a Prefeitura desconhece tal denúncia, uma vez que não recebeu qualquer notificação do Ministério Público. Esclareceu ainda que o contrato referente a compra de galões de água mineral, por meio do Fundo Municipal de Saúde, bem como todos os outros, são feitos dentro da legalidade, cumprindo integralmente a Lei de Licitações 8.666/93. Dessa forma, estes procedimentos respeitam os trâmites necessários e são analisados, inclusive, por órgãos de controle interno e assessoria jurídica do município.

Mais lidas da semana