Mídias Sociais

Cidades

Secretaria de Educação de Macaé divulga resultado do Bolsa Escola

Avatar

Publicado

em

 

Da redação
A Secretaria de Educação de Macaé divulgou nesta sexta-feira (09), no site da prefeitura (www.macae.rj.gov.br), a lista dos 100 estudantes do 6º ao 9º anos e EJA (Educação de Jovens Adultos), da rede municipal de ensino, com o melhor desempenho no segundo bimestre, que serão beneficiados pelo "Bolsa Escola". O programa prevê o pagamento do benefício de R$ 600,00. Em contrapartida, eles farão atividades pedagógicas nas escolas, em apoio a alunos com dificuldades, durante oito horas semanais.
O prazo para dar entrada no processo de pagamento dos beneficiários do programa Bolsa Escola começou nesta sexta-feira (9), a partir das 12h, se estendendo aos dias 12,13, 14 e 15. Os responsáveis pelos alunos contemplados deverão comparecer das 9h às 16h, na sala 301, que funciona no terceiro andar da sede da Secretaria de Educação - Rua Vereador Djalma Sales Pessanha, 591, Novo Botafogo -, para entrega de documentos. Devem ser fornecidos: cópia do CPF; cópia do cartão ou extrato de conta bancária em nome do aluno. Aqueles que não comparecerem, automaticamente perderão a oportunidade e a Educação irá divulgar a listagem dos suplentes.
De acordo com o secretário de Educação, Guto Garcia, o " Bolsa Escola" é um projeto pioneiro no estado e uma conquista positiva para as 106 escolas municipais. "A primeira etapa foi um sucesso. Registramos historias maravilhosas de alunos que foram contemplados. A proposta é contribuir com a permanência do aluno na escola e com o desenvolvimento do processo de ensino. A concessão da bolsa está diretamente relacionada ao desempenho pedagógico do aluno com benefícios sociais", observou.
O resultado leva em consideração o cálculo percentual das notas dos alunos matriculados nas turmas de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e EJA, referente às disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Ciências, Inglês, Artes e Educação Física.
Critérios
Cabe à direção das unidades municipais elaborar e entregar mensalmente relatório de acompanhamento das atividades pedagógicas, realizadas pelos alunos beneficiados. A concessão da bolsa também considerou os critérios de desempate: maior nota obtida em Língua Portuguesa, maior nota em Matemática, maior percentual de frequência total do aluno no bimestre e aluno mais velho
O "Bolsa Escola" está previsto no decreto de que trata a Lei 4.529/2018 e está diretamente relacionado ao desempenho pedagógico do aluno e, portanto, poderá se repetir a cada bimestre letivo para o mesmo aluno ou ser concedida a outro, que atender as exigências.
O quantitativo distribuído proporcionalmente ao número de alunos matriculados no segundo segmento do Ensino Fundamental em cada unidade municipal, tem como referência o censo escolar do ano anterior. Além disso, a quantidade pode ser alterada conforme ampliação do número de matrículas na rede municipal e/ou disponibilidade de recursos.A documentação necessária aos procedimentos para pagamento da Bolsa Escola está prevista na Instrução Normativa 001/2019. A Secretaria Municipal Adjunta de Educação Básica disponibilizará listagem de classificação e reclassificação, em ordem decrescente.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana