Mídias Sociais

Cidades

Saúde em Macaé: Atenção Básica faz balanço dos primeiros 80 dias

Avatar

Publicado

em

 

 

         Após reforma administrativa ocorrida em dezembro passado, a Secretaria Municipal de Saúde em Macaé foi dividida técnica e administrativamente em duas segmentações: A Secretaria Adjunta de Atenção Básica e a Adjunta de Alta e Média Complexidade.

Em 02 de janeiro, foi nomeado para assumir a Atenção Básica o Dr Marcio Barcelos. Macaense, médico há 40 anos, é cirurgião geral concursado pelo Ministério da Saúde e como a maioria dos seus contemporâneos, iniciou sua vida profissional no Hospital São João Batista onde atua até hoje, com a maioria de suas cirurgias realizadas pelo SUS.

“Foi com muita alegria que recebi o convite do Dr Aluizio, é uma honra poder servir à minha cidade em qualquer situação”, relata com entusiasmo Dr Marcio Barcelos, que foi o precursor em Macaé da cirurgia por vídeo e também da bariátrica (obesidade). Nos últimos 4 anos, foi diretor do Hospital da Serra (HPMS), implementando o serviço de cirurgias com mais de 2 mil procedimentos nesse período.

“A determinação do Prefeito, que atualmente também responde pela Secretaria de Saúde, é que a gente universalize a Estratégia de Saúde da Família (ESF) no sentido de ampliar o acesso dos serviços aos usuários do sistema”, afirma o Secretário Adjunto de Atenção Básica. E tais ações já iniciaram! Em janeiro foi implantada nas dependências do Pronto Socorro Municipal, a Clínica da Família do bairro Imbetiba. Atendendo aos moradores do próprio bairro e adjacências, 20.000 pessoas já cadastradas vem sendo atendidas diariamente por 5 equipes compostas por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e agentes comunitários de saúde, em ações de promoção à saúde e prevenção de doenças. A Estratégia acompanha de perto todos os hipertensos, diabéticos, acamados, gestantes, crianças e adolescentes, inclusive com visitas domiciliares. Preventivos, consultas de pré-natal, vacinas, dispensação de medicamentos são algumas das atividades oferecidas na clínica da família. “Estou pra ver equipe mais dedicada e comprometida do que a ESF em Macaé e sua coordenação. Vejo brilho nos olhos de cada um ao falar de sua expansão, mas nunca esquecendo de aprimorar o que já está em funcionamento”, informando que já iniciaram as atividades de implementação de mais 4 equipes da ESF nas dependências do Pronto Socorro do Aeroporto e nas próximas semanas, o mesmo processo no Lagomar e Visconde. “São 42 mil macaenses a mais que passam a ser atendidos pela estratégia só nesses primeiros meses do ano! Vamos continuar olhando com carinho para os bairros que já são atendidos e pela região serrana, buscando aprimorar sempre mais.”

O Secretário Adjunto elenca ainda a importância das ações coordenadas pela equipe de Zoonoses desde os primeiros dias do ano combatendo o mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana. Aponta que serão priorizadas também as ações relacionadas à Saúde Mental e Saúde da Mulher. Além de soluções imediatas para o retorno das cirurgias pediátrica, oftalmológica e início das cirurgias bariátricas pelo SUS. “Estamos em constante atuação junto à Coordenadoria de Controle e Avaliação, não apenas para normalizar a oferta de exames complementares, mas da mesma forma pra retomar e iniciar tais atividades”, relata Barcelos, informando que nos próximos meses os serviços administrativos e de almoxarifado, além dos medicamentos serão todos concentrados no mesmo espaço físico, buscando otimizar o atendimento ao cidadão, facilitando o seu acesso aos serviços públicos de saúde.

Na última semana, outra grande empreitada na área da saúde teve a atenção básica como protagonista. A imunização de 130 mil pessoas em apenas 4 dias na vacinação da febre amarela, contou com a participação de 100% dos profissionais da pasta. “Na 4ª feira, 15h, recebemos a confirmação do primeiro óbito por febre amarela em Casimiro de Abreu; nesse mesmo dia, às 18h, já estávamos iniciando uma vacinação em massa por determinação direta do Dr Aluizio, que durou até a madrugada de domingo para 2ª feira. Para que a logística funcionasse 24h, não tivemos outra opção que não fosse atuar somente nas unidades de saúde que funcionassem em regime de plantão”, esclarece o secretário adjunto, pois algumas outras unidades administrativas e até educacionais também se colocaram à disposição para serem postos de vacinação. “Supervisionar os postos e perceber que todos os profissionais da atenção básica estavam envolvidos, foi muito gratificante e bonito de ver. Todos sem exceção estão de parabéns, tem a gratidão da administração municipal e sobretudo, da população macaense”. Ele explica ainda que todos os munícipes serão vacinados, de acordo com a liberação de novos lotes pela secretaria de estado de saúde. “São vacinas que não podem ser compradas pela prefeitura, logo, já estamos com a logística toda montada para distribuir as doses pelos postos de acordo com a chegada das mesmas. Diariamente os motoristas da saúde estão trazendo mais doses da central de distribuição em Niterói, eles estão sendo incansáveis.”

Percebe-se claramente o entusiasmo de Dr Marcio Barcelos em colaborar na gestão da saúde do município: “quero registrar mais uma vez meu agradecimento ao Prefeito Dr Aluizio, pela confiança depositada. Agradecer muito à cada servidor da saúde. E aproveitar para dizer da minha satisfação, em receber o apoio que vem sendo dado pela Câmara Municipal; cada indicação, sugestão e até crítica dos vereadores será sempre muito bem recebida. Já estive lá e reconheço a importância do legislativo para o bom andamento da gestão municipal”, finaliza Dr Marcio Barcelos, recordando o período entre 2000 e 2004 quando foi vereador.

 

Mais lidas da semana