Mídias Sociais

Cidades

Quissamã: prefeito recebe comissão para discutir transporte universitário

Avatar

Publicado

em

 

 

Na última quinta-feira, 9 de junho, o Prefeito de Quissamã, Nilton Pinto (PSDB), recebeu uma comissão de estudantes para tratar do transporte universitário. Formada por 4 estudantes e duas mães de alunos, a comissão debateu com a prefeitura sobre o serviço cedido pela Prefeitura de Quissamã, para alunos matriculados nas instituições de ensino em Campos dos Goytacazes e Macaé.

Também participaram do encontro, no gabinete do prefeito, a Subsecretária de Educação, Amanda Fragoso, e o vereador Chiquinho Aruê (PHS). Segundo a prefeitura, o transporte de estudantes para as cidades vizinhas foi paralisado em maio, em virtude do atraso no pagamento de parcelas à empresa prestadora desse serviço.

“A pendência financeira se deu em função da atual situação econômica enfrentada por Quissamã e todos os municípios produtores de petróleo, que sofrem com a queda vertiginosa na arrecadação dos royalties. A prefeitura espera pela notificação da Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Macaé, uma vez que a Câmara Municipal acionou este órgão, para apresentar os argumentos e fundamentos da suspensão do serviço. A partir desse momento aguardará a orientação e decisão do referido órgão quanto a possibilidade ou não do restabelecimento do transporte”, justifica-se a administração municipal.

Durante a reunião, o Prefeito Nilton Pinto destacou que o transporte de estudantes e a bolsa universitária são pontos que devem ser avaliados em conjunto, e explicou à comissão que o município apresentou à Câmara Municipal ações que poderiam resultar em alternativas viáveis para a solução dessas questões.

“Ao longo dos últimos meses adotamos medidas de austeridade para manter a estabilidade financeira do município. Entre as ações propostas estava o projeto de antecipação dos recursos provenientes dos royalties de petróleo, que não foi aprovado pelo Legislativo no primeiro momento e nem reapreciado num segundo momento”, avaliou o prefeito.

Para a estudante Aline Barcelos, a reunião foi produtiva, pois foram abordadas questões que necessitavam de uma explicação minuciosa. “Agora temos o real entendimento de todo processo e esperamos que a situação seja normalizada em breve”, acredita Aline.

Mais lidas da semana