Mídias Sociais

Cidades

Profissionais da Educação de Cabo Frio anunciam greve a partir de terça-feira, 15

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Os profissionais da educação de Cabo Frio anunciaram o início de uma nova greve, a partir desta terça-feira, 15. A categoria cobra o pagamento dos salários dos servidores, que não foi depositado no quinto dia útil do mês de janeiro, conforme determina a Lei.

Segundo informações do núcleo regional do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE Lagos) há 250 agentes administrativos, 90 secretárias escolares e 270 diretores e dirigentes que estão trabalhando nesse recesso de início de ano, inclusive, no processo de pré-matrícula das escolas públicas, que poderá ser afetado com  a greve.

Antes da grave, a categoria realizou um ato nesta quinta-feira, 10, em frente a Câmara dos vereadores. Um novo ato está marcado para o dia que a greve inicia, desta vez no Ibascaf. O sindicato também está convidando as demais categorias para participarem da mobilização.

Além disso, o Sindicato dos Profissionais da Educação, através do departamento jurídico devem entrar na justiça contra o secretário de Fazenda para o cumprimento da lei sobre o pagamento no quinto dia útil. O responsável pela pasta deve pagar os juros das contas dos funcionários.

O Sepe também entrará com uma denúncia no Ministério Público e com um pedido de esclarecimento ao governo sobre o dinheiro arrecadado no estacionamento público da cidade.

Em nota divulgada pela Prefeitura de Cabo Frio, o pagamento de todos os funcionários efetivos deve ser na próxima quarta-feira, 16. Aos contratados e comissionados, a Prefeitura pretende efetuar o pagamento até o dia 23.


 

Mais lidas do mês