Mídias Sociais

Cidades

Professores sindicalizados têm direitos trabalhistas garantidos

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

O Sindicato dos Professores de Macaé e Região (Sinpro), que também alcança os municípios de Casimiro de Abreu, Silva Jardim, Rio Bonito, Rio das Ostras, Quissamã, Carapebus e Conceição de Macabu, tem muito o que comemorar. Foram muitos avanços nos últimos anos, o que tem motivado os educadores das escolas privadas se filiarem a instituição, que se mostrou presente na defesa dos direitos à vida, saúde, trabalho e salários integrais.

Entre as garantias alcançadas estão a gratuidade escolar para filhos de educadores na mesma escola que leciona; biênio de 3% em cima do salário base do professor; férias coletivas no mês de janeiro, independente da data de aquisição para que coincida com as férias escolares, inclusive com a de seus filhos; liberação para acompanhar filho a consulta médica até três vezes por ano; abono de um dia de falta para participação em assembleias.

FILIAÇÃO - Esta semana o Sinpro lançou a campanha de sindicalização on-line para que o distanciamento social continue sendo atendido, conforme protocolo da Organização Mundial de Saúde. “Está é uma campanha pautada no acolhimento que facilita o processo de sindicalização de forma digital por meio do site”, disse Guilhermina Rocha, presidente do Sinpro Macaé e Região.

A sindicalização é um ato voluntário e um direito garantido pela Constituição Federal. Quem decide a filiação ao Sinpro Macaé e Região  manifesta a escolha de estabelecer laços com a categoria profissional e ajuda a construção de uma identidade coletiva, essencial à valorização do docente.

O Sinpro Macaé e Região é filiado à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee) e à Federação dos Trabalhadores de Estabelecimento de Ensino do RJ  ( Feteerj).

Para se filiar basta acessar www.sinpromacae.com.br/produto/anuidade-2020/

 

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana