Mídias Sociais

Cidades

Prefeitura de Cabo Frio avança nas negociações com profissionais da educação

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Mais uma reunião foi realizada entre os representantes do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos) e do novo governo de Cabo Frio com o intuito de debater as demandas da categoria. O encontro, que foi considerado positivo nos avanços das negociações aconteceu no gabinete do prefeito. Além do Prefeito, Dr. Adriano, também estiveram presentes os secretários de Educação, Cláudio Leitão; de Fazenda, Antônio Carlos Nascimento Vieira; a de Administração, Eliceia da Silveira e o secretário de Governo, Eduardo Monteiro.

Durante o encontro foram definidas algumas resoluções para os problemas apresentados, como o descongelamento do triênio, já a partir deste mês, e o pagamento das duas parcelas pendentes do décimo terceiro salário de 2015. Pela proposta da Prefeitura, a primeira parte será depositada já no próximo dia 31 e a segunda, em 31 de janeiro de 2019.

Outro ponto com o qual o Governo Municipal se comprometeu com os trabalhadores foi a equiparação salarial entre os inspetores escolares e os auxiliares de classe - antigo anseio da categoria. Nesse caso, a Prefeitura ficou de elaborar um projeto de lei, uma vez que a legislação prevê que alterações dessa natureza têm que ser aprovadas na Câmara Municipal.

Além disso, a Prefeitura reforçou o compromisso de pagar os salários até o quinto dia útil do mês seguinte, conforme prevê a lei, mas afirmou que fará um esforço para que os vencimentos sejam depositados até o fim de cada mês corrente.

Foi tratada também a questão do concurso público. A próxima chamada do concurso de 2009 acontecerá em dezembro, com a possibilidade de ser antecipada. E, segundo o governo, está sendo feito um levantamento para a realização de concurso público no município para o próximo ano.

Apesar do avanço em boa parte da pauta reivindicatória, a questão do sábado letivo ainda ficou em aberto. Essa é uma das principais demandas, que afligem a categoria, que pede respostas rápidas. O Governo sugeriu ao sindicato uma nova reunião e uma assembleia para tratar especificamente do assunto.

Ao final da reunião, o prefeito destacou a importância da categoria e garantiu a valorização deles.

“Vocês são muito importantes, são mais importantes do que qualquer um de nós. Sei que todos sofreram muito, eu acompanhei o sofrimento de vocês, como os atrasos de pagamento e a falta de respeito. São os professores que abrem as portas para que a pirâmide social possa se inverter. São eles que ensinam aos futuros médicos, engenheiros, jornalistas, advogados, suas profissões de uma forma geral. No meu governo, o compromisso é respeitar e valorizar todos os profissionais da Educação”, finalizou o prefeito.

Paralisação – A categoria irá paralisar as atividades na próxima sexta-feira, 10, em adesão ao Dia Nacional de Luta. Na data estabelecida pela CUT, CSB, CTB, Força Sindical, Intersindical, Nova Central e UGT, haverá atos por todo o Brasil com o intuito de mostrar o retrocesso das leis trabalhistas.

Em Cabo Frio, o ato realizado pelo Sepe está marcado para às 9h, na Praça Porto Rocha.

Mais lidas da semana