Mídias Sociais

Cidades

Prefeitura de Búzios continua oferecendo curso “Medidas preventivas durante a COVID-19”

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Nesta semana, a Prefeitura de Búzios continua realizando o curso “Medidas preventivas durante a COVID-19”, que visa orientar os trabalhadores, que retornam as seus postos de trabalho sobre as medidas necessárias para combater o vírus.

Nesta quinta-feira, 09, o curso será destinados aos colaboradores dos restaurantes da cidade.            Já no dia 10, a palestra será destinadas aos trabalhadores de lojas de roupa.

A atividade acontece na Escola M. Prof. Darcy Ribeiro, no Centro. Serão duas turmas, divididas em dois horários: na parte da manhã, às 9h ou na parte da tarde, às 14h. As inscrições só poderão ser presenciais, no mesmo dia do curso e todos os participantes devem levar CPF e cartão do SUS.

O curso é importante para a nova etapa de flexibilização das atividades econômicas com a reabertura gradativa dos segmentos comerciais e dos prestadores de serviços da cidade. Esta transição cumpre rigorosos protocolos de prevenção e higiene específicos para os diferentes setores produtivos da sociedade.

Nos meses de maio e junho, o prefeito André Granado e os Secretários de Governo, participaram de reuniões com empresários, representantes comerciais e de associações, líderes religiosos, entre outros, para delinear junto aos diversos segmentos, as estratégias para a uma reabertura gradual e segura para a população.

 

Dados epidemiológicos da cidade

 

Búzios apresentou uma curva epidemiológica que registra 2.134 pessoas atendidas com sintomas de COVID-19  nas unidades de saúde do município. Foram realizados 1.601 testes, utilizando as técnicas sorológicas e SWAB – RTPCR para identificar possíveis pacientes com suspeita da doença.

O painel do coronavírus e o termômetro informativo, indicam 265 casos confirmados, dos quais 44 pessoas se encontram em isolamento domiciliar, 214 casos curados e 7 óbitos.

Os casos confirmados se encontram em monitoramento constante, realizado pelas equipes epidemiológicas, em conjunto com os agentes de atenção básica de saúde nas unidades dos bairros.

Mais lidas da semana