Mídias Sociais

Cidades

Petroleiros estão aprovando greve para o dia 28 de abril em todo Brasil

Avatar

Publicado

em

 

Movimento seria em adesão a paralisação geral convocada pelas centrais sindicais contra as reformas do governo

 

Os trabalhadores do Sistema Petrobrás estão aprovando por ampla maioria o indicativo da FUP de paralisação de 24 horas no dia 28 de abril, data convocada pelas centrais sindicais e pelos movimentos sociais para a greve geral contra as reformas do governo golpista. As assembleias já foram concluídas nas bases do Sindipetro Unificado do Estado de São Paulo, onde mais de 98% dos petroleiros aprovaram a paralisação.

A ampla receptividade da categoria ao indicativo da FUP tem marcado também as assembleias realizadas pelos sindicatos de Minas Gerais, Pernambuco/Paraíba, Amazonas, Duque de Caxias, Rio Grande do Norte, Ceará/Piauí, Espírito Santo, Bahia e Norte Fluminense, onde a consulta aos trabalhadores prossegue ao longo da semana.

No Rio Grande do Sul, as assembleias começam na quinta-feira, 20; no Sindiquímica PR, serão realizadas no dia 25 e no Sindipetro Paraná/Santa Catarina, as datas ainda foram divulgadas.

Assim como os petroleiros, trabalhadores de diversos setores da economia irão parar suas atividades em resposta ao avanço das reformas trabalhistas e da previdência que o governo federal tenta aprovar nas casas legislativas.

 

Mais lidas do mês