Mídias Sociais

Cidades

Petrobras reafirma parcerias com empresas estrangeiras na Bacia de Campos

Avatar

Publicado

em

 

Acordo preliminar entre a Petrobras e a norueguesa Statoil visa exploração de campos maduros

 

Tunan Teixeira

 

Visando atingir seus dois principais objetivos neste ano, aumentar a produtividade e reduzir o endividamento, a Petrobras confirmou nas últimas semanas mudanças na gestão, com parcerias importantes, principalmente na área da exploração e produção de óleo e gás natural no país.

Às vésperas de completar 64 anos, que serão comemorados nesta terça-feira, 3 de outubro, a Petrobras confirmou, durante a 14ª Rodada de Licitações, na última quarta, 27, o sucesso do consórcio com a norte-americana ExxonMobil, antiga Esso no Brasil, arrematando 6 blocos na Bacia de Campos, com investimentos no valor de 3,6 bilhões de reais.

Mas essa não foi a única parceria firmada pela gigante brasileira do petróleo. Também de olho na Bacia de Campos, que voltou a atrair os interesses do mercado internacional durante o leilão, a estatal anunciou no último dia 29 a assinatura de uma parceria com a norueguesa Statoil.

“Assinamos, hoje, com a empresa norueguesa Statoil, um Acordo Preliminar (Heads of Agreement ou HoA), em continuidade ao Memorando de Entendimento firmado em 30 de agosto de 2016, através do qual nos comprometemos a avaliar oportunidades de cooperação alinhadas às nossas estratégias empresariais”, revelou a Petrobras, em seu site, na última semana.

Neste acordo, as duas empresas reafirmam a intenção de trabalhar em parceria com o objetivo de ampliar as reservas nos chamados campos maduros em águas profundas, com foco inicial na região do pós-sal da Bacia de Campos.

Os campos chamados maduros são aqueles que, depois de 30 anos de exploração, começam a ver suas reservas findando, conforme previsão feita no final de década de 70, quando a Petrobras começou a exploração na bacia.

“O HoA estabelece os princípios gerais do Acordo de Cooperação Técnica, visando o aumento da produção de óleo e do fator de recuperação dos campos envolvidos na parceria”, explicou a Petrobras.

A medida também premia os esforços do Prefeito de Macaé, Dr. Aluízio (PMDB), que também preside da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), e que há meses, vem articulando a recuperação de investimentos nos campos maduros, visando atrair novas oportunidades e, principalmente, recuperar postos de emprego perdidas com a crise que se arrasta no setor desde 2014.

“Além disso, nós e a Statoil, já fizemos parceiras em 10 blocos em fase de exploração no Brasil, pretendemos otimizar o aproveitamento do gás natural, incluindo a área do BM-C-33, no qual a Statoil é a operadora. Assim, o HoA também contempla os princípios gerais para o compartilhamento da infraestrutura de gás da Bacia de Campos.

Cabe destacar que nós e a Statoil apresentamos grande alinhamento em nossos objetivos estratégicos, e somaremos esforços para que todos os contratos relacionados a essa parceria estratégica sejam submetidos às respectivas instâncias de aprovação e celebrados até o final deste ano”, ponderou a Petrobras sobre a mais nova parceria.

Foto: Divulgação

Clique Diário

E. L. Mídia Editora Ltda
CNPJ: 09.298.880/0001-07
Redação: Avenida Atlântica, 2.500, sala 22 – Cavaleiros – Macaé/RJ

cliquediario@gmail.com
(22) 2765-7353

Mais lidas da semana