Mídias Sociais

Cidades

Pendências no contrato do “Minha Casa Minha Vida” de Cabo Frio devem ser resolvidas até quinta-feira, 15

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Essa é a última chance para que sorteados do Programa “Minha Casa Minha Vida” de Cabo regularizem a situação do contrato. De acordo com a Prefeitura, até sexta-feira, 07, dia em que encerram as assinaturas de contrato, 88% dos sorteados compareceram. Os demais precisam resolver essa pendência até no máximo quinta-feira, 15.

“Do total de sorteados, 12% não comparecem para assinatura do documento e terão até o próximo dia 15 para resolver essa pendência. Se até lá não comparecerem, perderão direito ao imóvel e na próxima semana vamos convocar 150 pessoas da lista de espera. Mas ainda assim, se depois disso tudo sobrarem unidades, vamos abrir um novo processo através dos Cras para o preenchimento dessas vagas”, informou o coordenador de Habitação, Renda e Trabalho da Prefeitura de Cabo Frio, Eduardo Leal.

Além da assinatura dos contratos, foram eleitos os síndicos para os sete blocos do empreendimento. O Residencial Monte Carlo tem 1800 apartamentos de 45m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Todos os condomínios possuem horta comunitária, playground, sala multiuso, guarita, área para armazenamento de lixo e uma área de lazer com churrasqueira. Também possuem quadras de futsal, tênis, peteca, banheiros masculinos e femininos com vestiários, uma academia ao ar livre, parque com brinquedos e duas salas multiuso.

Pelo menos 58 apartamentos foram adaptados para deficientes físicos: possuem rampas, banheiros e sinalização de vagas de estacionamento para deficientes. O empreendimento também construiu duas unidades de escolas municipais: uma pré-escola e uma escola de ensino fundamental. As chaves serão entregues no próximo dia 16.

“A gente pede que quem não assinou o contrato compareça à Prefeitura, no Centro de Cabo Frio, no escritório de captação de recursos ou na Habitação, no Braga, para que possamos encaminhá-la para a Caixa Econômica Federal para o agendamento da formalização do contrato, evitando transtornos”, concluiu Leal.


 

Mais lidas do mês