Mídias Sociais

Cidades

Moradores reclamam de constante falta de energia, em Tamoios, distrito de Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Usuários de energia também reclamam da dificuldade em conseguir contato com a concessionária responsável pelo serviço

 

Thaiany Pieroni

 

A constante falta de energia no distrito de Tamoios, em Cabo Frio, tem deixado os moradores da localidade completamente indignados. Segundo os usuários do serviço, o problema se repete por várias vezes, inclusive em um mesmo dia.

A dona de casa, Cristina Alamar, conta que esse problema é recorrente e acredita que seja por falta de manutenção.“Não é normal, que a energia falte tanto. E se falta de manhã, por exemplo, mesmo que consertem a chance de faltar de novo no fim do dia é grande. Eu não consigo entender. Isso sem falar que tem dias, que a luz virá um verdadeiro pisca-pisca”, comentou Cristina, que relatou ainda que teve sua TV queimada por conta desse problema de queda de energia. “A luz começou a piscar e corri para desligar tudo, mas quando a luz voltou percebi que a TV tinha queimado. Eles até ressarciram o valor do conserto, mas e o tempo que fiquei sem o aparelho?”, questionou.

Além de problemas como esse, quem depende da energia para trabalhar, por exemplo, também acaba prejudicado. Ana Clara, que trabalha no sistema home office, depende diretamente da luz para trabalhar e constantemente é obrigada a recorrer para outros lugares para conseguir cumprir suas obrigações.

“É muito ruim essa situação. Já fico na aflição de não saber se conseguirei terminar meu serviço antes da luz acabar. Quando acaba, muitas vezes acabo indo para a casa da minha irmã para finalizar, mas já teve dias de eu rodar quase Tamoios inteiro para conseguir um lugar com luz porque vários lugares estavam sem”, contou.

Ainda segundo os moradores, quando venta, as chances de falta de energia é ainda maior. E justamente no período em que estamos, entre os meses de agosto e setembro, é conhecido por grandes ventanias no distrito de Tamoios.

“É só começar a ventar um pouquinho a mais, que a falta de luz é certa”, avaliou Paulo, que já tem um caderno separado para anotar os inúmeros protocolos de registro de falta de energia. Ele conta, que além da falta de energia, conseguir falar com a Enel, que é a concessionária responsável pelo fornecimento de energia é outro problema.

“No domingo, eu liguei quatro vezes para conseguir falar com um atendente. Uma hora caia a ligação, outra eu digitava o número e o sistema não reconhecia, um transtorno”, contou.

Entramos em contato com a Enel, que por meio de nota, informou que as interrupções no fornecimento de energia elétrica registradas em Tamoios foram pontuais e podem estar associadas a motivos diversos, nem sempre relacionados aos ventos.

A empresa disse ainda que tem investido na localidade com foco na instalação de novas tecnologias, como equipamentos telecomandados, para tornar a rede elétrica mais resistente e seletiva, reduzindo os tempos de interrupção numa eventual falha no fornecimento. A distribuidora acrescenta ainda que possui um cronograma de manutenções preventivas que incluem inspeções na rede, além de realizar reparos e obras de melhoria para mitigar as consequências dos ventos e também da degradação dos materiais, provocada pelo alto grau de poluição salina que existe na região.

 

Mais lidas da semana