Mídias Sociais

Cidades

Moradores fazem protesto pacífico no Hospital da Mulher em Cabo Frio

Avatar

Publicado

em

 

Pais de bebês mortos enviarão seus relatos para a Alerj onde pedirão instauração de CPI

 

 

 

Diante do descaso e argumentação que o Hospital da Mulher deu imputando de vícios com droga e falta de exame de pré natal das mães para justificar a morte de bebês ocorridos na última semana, pais e parte da população realizou um protesto pacífico em frente ao hospital. Depoimentos dos pais dos bebês mortos e documentos sobre isso serão encaminhados a Alerj com pedido de formação de uma CPI para apurar todos os fatos.

Os pais de um dos bebês que morreram na unidade estavam presentes no protesto, e não esconderam a revolta com o descaso sofrido no Hospital e a nota emitida pela Prefeitura (imputando às mães o triste desfecho). A prefeitura de Cabo Frio informou que, a Secretaria de Saúde instaurou uma auditoria interna no hospital que deve ser concluída em 30 dias.

Composta por um grupo formado por médico, enfermeiro e auditor do setor de controle e avaliação da pasta a auditoria analisará 1.069 prontuários de atendimentos do Hospital da Mulher feitos desde 1º de janeiro deste ano. Será levado em conta todo o atendimento prestado à paciente na unidade, desde a recepção até o momento em que ela vai para casa. Em seguida, será feito um relatório que será avaliado internamente para nortear as medidas que serão tomadas em todo o acompanhamento gestacional e no atendimento no Hospital da Mulher.

Tânia Garabini

Legenda: Pais e amigos dos bebês mortos fizeram um protesto pacífico em frente ao hospital

Mais lidas do mês