Mídias Sociais

Cidades

Ministério Público recomenda que Iguaba Grande regularize situação da UPA

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

O Ministério Público Federal (MPF) em São Pedro da Aldeia recomendou à Prefeitura de Iguaba Grande, à secretaria Municipal de Saúde e à direção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Dr. Bergamo Mesquita Pedrosa, que tomem as medidas necessárias para regularizar as incoerências identificadas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de Iguaba Grande

A recomendação foi assinada pelo procurador da República Leandro Mitidieri, após uma vistoria realizada pelo Conselho Regional de Farmácia (CRF), pelo Conselho Regional de Enfermagem (COREN), pelo Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) e pelo Conselho Regional de Nutricionistas (CRN).

Na vistoria foram encontradas diversas irregularidades. Entre elas estão: A ausência de um profissional de saúde no acolhimento dos pacientes – impossibilitando a avaliação da necessidade de prioridade no atendimento –, a insuficiência de profissionais de enfermagem, nutrição e assistência social, a ausência de registro no CRF-RJ e de um farmacêutico responsável técnico legalmente habilitado junto ao CRF-RJ, assim como inconformidades com relação ao armazenamento e à distribuição dos alimentos servidos aos pacientes e funcionários.

O Ministério Público Federal deu o prazo de 120 dias para que seja dada uma respostas com relação a situação.


 

Mais lidas do mês