Mídias Sociais

Cidades

Metade dos cabo-frienses ainda não aderiram a Campanha de vacinação contra pólio e sarampo

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Aproximadamente metade dos cabo-frienses ainda não aderiram à campanha de vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, apesar da campanha encerra nesta sexta-feira, 31.

De acordo com o último levantamento, do dia 6 de agosto até agora foram aplicadas 5.125 doses contra a pólio, que representa 48,07% do público-alvo, e 5.183 contra o sarampo, que significa 48,61%. O total de menores a ser alcançado pelo município é de 10.662 crianças. Essa baixa adesão é considerada preocupante.

“É preocupante a baixa adesão à campanha, já que estas são doenças graves e o sarampo pode até matar. O cumprimento do dever de pais e responsáveis em levar os filhos para tomar vacina é fundamental para evitar doenças que estavam erradicadas, evitar a contaminação de outras pessoas e até mesmo a morte”, afirmou o médico Beto Nogueira, superintendente de Saúde Coletiva de Cabo Frio.

A vacinação está disponível em 17 polos, que funcionam das 8h às 17h: Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato, Maria Joaquina, Samburá, Monte Alegre e Peró; UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio, Esf Florestinha e Angelim.

Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a VIP. Os menores de 5 anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina receberão a VOP, a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina tríplice viral, independentemente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.


 

Mais lidas do mês