Mídias Sociais

Cidades

Macacos encontrados mortos em Araruama foram identificados com Febre Amarela

Publicado

em

Após o resultado, o município fica em estado de alerta contra a doença. 

O Município de Araruama entrou para o estado de alerta contra a Febre Amarela. A medida foi tomada após três macacos encontrados mortos na cidade terem sido diagnosticados com a doença.

Os três macacos da espécie Sagui foram encontrados mortos no bairro Parque Hotel. Os animais haviam sido encaminhados para analise, que confirmou a presença do vírus. O laudo foi emitido pelo Instituto Municipal de Medicina Veterinário Jorge Vaitsman e também conferido pelo laboratório do Instituto Oswaldo Cruz, no Rio.

Com isso, Araruama se junta a outros nove município que também tiveram casos de febre amarela confirmados em macacos. Sendo eles Angra dos Reis (Ilha Grande), Barra Mansa, Duas Barras, Engenheiro Paulo de Frontin, Miguel Pereira, Niterói, Paraty, Valença e Volta Redonda.

Vale lembrar que o macaco não tem culpa da Febre Amarela - É importante ressaltar que os macacos são tão vitimas quanto os seres humanos da Febre Amarela. Além disso, eles acabam servindo de alerta para as pessoas. Por isso, não há motivos para sacrificá-los.

A doença é transmitida por um mosquito infectado. Quando se observa macacos que também contraíram a doença é a hora dos seres humanos reforçarem os cuidados.

De acordo com a Fiocruz, quanto menos macacos, mais o mosquito buscará sangue das pessoas.

Mais lidas do mês