Mídias Sociais

Cidades

Insegurança vivida por moradores de Tamoios, em Cabo Frio, é debatida com autoridades

Avatar

Publicado

em

 

Falta de policiamento nos supostos condomínios foi um dos temas abordados durante a reunião do CCS

Moradores de Tamoios, 2º Distrito de Cabo Frio, estiveram reunidos com representantes da 126º Delegacia de Polícia e do 25º Batalhão da Polícia Militar, na noite desta quinta-feira, 30. O encontro convocado pelo Conselho Comunitário de Segurança (CCS) foi um momento importante para que os moradores pudessem abordar questões ligadas a segurança da localidade.

Na ocasião, moradores questionaram sobre a chegada do verão. Nesta época, a população sofre um crescimento muito grande, o que exige uma maior ação dos órgãos de segurança. A maior preocupação está relacionada ao período do Ano novo e do Carnaval.

O Major Nogueira, representante do 25º BPM, informou que o batalhão já solicitou o apoio de outros comandos. A expectativa é que o efetivo aumente neste período.

“Nós esperamos que venham policiais de outros Batalhões, que trabalham na área administrativa e que neste período vão para as ruas. Ainda não sabemos o número de policiais. Acreditamos que em Tamoios tenha pelo menos mais uma viatura”, destacou o Major.

Com relação aos eventos realizado neste período, o coordenador de eventos, Marcelo Lamenha, explicou que neste fim de ano não haverá festa por parte da Prefeitura. O que acontecerá é um evento privado, no Campo de Eventos. A festa terá entrada gratuita com cobrança para acesso a área do camarote.

“A Prefeitura autorizou o evento com a condição de que não fosse cobrada entrada. Mas não irá interferir. Lembrando que o evento tem que ter a liberação do batalhão, da delegacia e do Corpo de Bombeiros e a Prefeitura pode embarcar caso, o evento não tenha essas liberações”, explicou.

Outro ponto abordado durante a reunião foi a situação dos supostos condomínios. Culturalmente os moradores de Tamoios tratam os loteamentos como condomínios, o que não é legal.

O Tenente J. Brito, responsável pelo destacamento de Unamar, informou que para a polícia, as áreas fechadas eram consideradas condomínios, e por isso, tinham sua própria segurança. E que iria reforçar a ronda por essas áreas. No debate acabou entrando a questão da entrada controlada, o que facilitaria a ação de polícia em caso de roubos ou furtos dentro desses loteamentos.

O coordenador de Tamoios, Daniel, informou que o Prefeito Marquinho Mendes já afirmou que é favorável ao controle de acesso aos loteamentos e que a Procuradoria do município já estava avaliando as possibilidades de regulamentar essa ação. O mesmo ficou de agendar um encontro entre os representantes dos loteamentos e o Prefeito para tratar sobre o assunto.

Ainda durante o encontro, os representantes da 126º DP de Cabo Frio destacaram a importância da população fazer o boletim de ocorrência sempre que vivenciar alguma situação de violência. Esse registro é fundamental para a elaboração de estatísticas, que são a base do desenvolvimento do trabalho dos policiais.

Thaiany Pieroni

Mais lidas da semana