Mídias Sociais

Cidades

Famílias das Águas Maravilhosas, em Macaé, trocam antigo lixão por apartamentos do Bosque Azul

Avatar

Publicado

em

 

Nesta semana a Secretaria de Habitação de Macaé continuou a realizar a remoção das famílias que estão trocando a área do antigo lixão das Águas Maravilhosas pelos novos apartamentos do Condomínio Bosque Azul, do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal.

De acordo com a Secretária de Habitação, Alessandra Aguiar, 293 famílias foram cadastradas pelo Sistema de Tratamento de Arquivos Habitacionais (SITAH), do Ministério das Cidades, mas o processo não foi concluído, pois muitas pessoas ainda não entregaram toda a documentação exigida, e por esta razão, a data para remoção ainda está sendo definida.
O cadastramento das famílias da comunidade das Águas Maravilhosas, criada sobre o antigo lixão de Macaé, atende determinação do termo de ajuste de conduta firmado entre a prefeitura e o Ministério Público.

“Nessa semana, uma equipe da Secretaria de Habitação esteve no local para cobrar a documentação que está pendente. Vale lembrar que só tem direito ao apartamento as famílias mapeadas, cujas casas foram construídas sobre o lixão”, lembrou Alessandra.
Segundo a Secretaria de Habitação, eventuais dúvidas sobre o processo e cadastramento podem ser esclarecidas, das 8h às 17h, na sede da secretaria, que fica na Rua Marechal Rondon, 390, 2º andar, no Miramar, onde ficava o antigo Barracão da Prefeitura.

Tunan Teixeira

Mais lidas da semana