Mídias Sociais

Cidades

Estacionamento da Praia das Conchas, em Cabo Frio, voltou a funcionar no fim de semana

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Neste fim de semana, o estacionamento da Praia das Conchas, em Cabo Frio, voltou a funcionar. Na semana passada, o serviço havia sido suspenso pela Prefeitura, já que os proprietários do espaço não tinha a licença necessário para o funcionamento.

Após uma reunião entre representantes da Prefeitura de Cabo Frio, Inea e da empresa São José/Nova Cabo Frio Estacionamento ficou acertado os detalhes necessários para que o espaço funcione de forma adequada. Dentro da proposta acertada entre os envolvidos ficou definido que o estacionamento deverá custar R$10,00, e não R$20 como estava sendo cobrado. Além disso, os veículos com placa de Cabo Frio são isentos deste pagamento.

“É importante ressaltar que para que cabo-frienses não paguem o estacionamento, basta que a placa seja da cidade. Não vai servir comprovante de residência ou conta de luz o que vale é a placa do carro para garantir a gratuidade do estacionamento”, explicou o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo.

Outro ponto acordado entre as partes foi que a cobrança será feita no início da área, em contrapartida a Prefeitura pediu que a empresa construísse um pórtico de controle.

“Esse pórtico será construído pela empresa, doado para a prefeitura e a mesma concederá o uso à empresa. O projeto vai ser doado pela prefeitura, vai ser apreciado pelo INEA, e será construído em conformidade com as normas ambientais do Parque Estadual da Costa do Sol. Com isso, teremos a possibilidade de uma melhor apuração da arrecadação do estacionamento pois hoje ela é feita manualmente e o pagamento de imposto é por estimativa de capacidade”, declarou Felipe, que acrescentou que o projeto do pórtico ficará pronto em no máximo 20 dias.

Outra novidade é agora uma faixa fica separada para carros que prestam serviços, como taxis, veículos que levam passageiros só para deixar no local, veículos de quiosqueiros e de segurança pública. O Inea também solicitou que a empresa instale sinalização ambiental ao longo da via e que faça também campanhas de conscientização ambiental.


 

Mais lidas do mês