Mídias Sociais

Cidades

Estabelecimentos de Arraial do Cabo são proibidos de utilizarem canudinhos de plástico

Publicado

em

 

Os estabelecimentos comerciantes e ambulantes de Arraial do Cabo estão proibidos de oferecer aos seus clientes os canudinhos de plástico. A lei foi sancionada nesta semana pelo prefeito, Renatinho Viana.

De acordo com a lei, os estabelecimentos podem utilizar apenas canudinhos de papel biodegradável ou de material reciclável. O prazo para que os comerciantes se adéquem a lei é de 180 dias. Quem descumprir será multado em R$ 500 e ainda pode estar sujeito a outras punições. A fiscalização será realizada pela Secretaria de Segurança Pública, por meio da coordenadoria de Posturas do município e a princípio os fiscais estarão advertindo os comerciantes quanto a lei que já está em vigor.

Vale destacar que Arraial do Cabo saiu na frente do município do Rio de Janeiro na aprovação do projeto. No Rio de Janeiro, o projeto foi aprovado pela Câmara dos vereadores na quinta-feira, 07, e agora aguarda a sanção do prefeito Marcelo Crivella (PRB).

Segundo a Organização não governamental (ONG) Meu Rio, mais de dez países ao redor do mundo já aprovaram projetos de leis que combatem o uso de plásticos, entre eles Índia, Bélgica, Noruega, Uruguai, Costa Rica e Panamá. Isso porque os plásticos representam 90% de todo o lixo flutuante nos oceanos e 90% das espécies marinhas já ingeriram produtos feitos com o material ao menos uma vez na vida.

Mais lidas da semana