Mídias Sociais

Cidades

Enel Distribuição Rio investe R$ 165 milhões na Região dos Lagos e Macaé

Avatar

Publicado

em

 

Investimentos incluem substituição de fiação, melhorias na rede e instalação de equipamentos para digitalizar a rede elétrica.

 

 

Da redação

A Enel Distribuição Rio está investindo R$ 165 milhões na rede elétrica da Região dos Lagos e de Macaé até o final deste ano. O montante está sendo destinado principalmente à melhoria da qualidade do serviço, com substituição de fiação, inspeções e instalação de equipamentos para digitalizar a rede. No total, o valor aplicado pela Enel entre 2016 e 2018 na Região dos Lagos e em Macaé já ultrapassa os R$ 450 milhões.

Até o final do ano, a companhia substituirá cerca de 50 quilômetros de fiação na região, possibilitando maior confiabilidade no fornecimento de energia e maior eficiência na distribuição de carga no sistema. A empresa também concluirá em 2018 a construção de dois centros-satélites em Tamoios, Cabo Frio. Os centro-satélites são infraestruturas em que são inseridos equipamentos elétricos e eletrônicos controlados remotamente e que contribuem para o aumento da confiabilidade da rede de distribuição.

Na subestação de Rocha Leão, em Rio das Ostras, a Enel está instalando novos equipamentos elétricos, que contribuem para a melhoria da qualidade do fornecimento de energia, na medida em que minimizam o impacto para os clientes em casos de manutenção na subestação. Além disso, a Enel efetuará mais de 80 mil podas de galhos de árvores próximas à fiação na Região dos Lagos e em Macaé, para evitar que o contato de galhos com a rede elétrica cause interrupções no fornecimento de energia.

Em Macaé, a Enel realizará inspeção aérea de mais de dois mil quilômetros de rede até o final do ano. As inspeções, feitas por drones e helicópteros, têm como objetivo verificar previamente necessidades de manutenção e identificar pontos para realização de poda de árvores em linhas de transmissão, subestações e redes de média tensão.

Projeto Telecontrole

Já aplicado com sucesso nas distribuidoras do Grupo Enel na Itália e na Romênia, o Projeto Telecontrole consiste na automação da rede de média tensão, utilizando equipamentos telecomandados e um sistema de gestão para supervisão remota da rede. Isto permite que a distribuidora identifique e isole, mais agilmente e de forma remota, falhas ocorridas na rede. Até o final do ano, a rede elétrica de Macaé e da Região dos Lagos contará com mais de 1.300 equipamentos telecomandados. Em casos de interrupção no fornecimento, é possível minimizar os impactos, reduzindo o número de clientes afetados graças a uma maior seletividade da rede.

Ações de combate à salinidade

Para minimizar os impactos causados pelo acúmulo de salinidade na fiação, devido à maresia, a Enel Distribuição Rio realiza constantemente a lavagem da rede elétrica das cidades da Região, além de instalar equipamentos adequados ao ambiente com maresia. Até o final do ano, a empresa lavará 136 mil equipamentos da rede elétrica de Macaé e Região dos Lagos. No ano passado, foram cerca de 100 mil equipamentos lavados. A companhia também substituiu, em 2017, 25 mil componentes da rede por outros mais adequados ao clima local.

 

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana