Mídias Sociais

Cidades

Em Macaé, programa de Assistência à da Saúde da Mulher adere à campanha Outubro Rosa com informações

Avatar

Publicado

em

 

Da redação

Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, cujos protocolos e diretrizes orientam atividades sem aglomeração de pessoas durante a pandemia da Covid-19, esse ano, o Outubro Rosa será celebrado sem ações presenciais pelo Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM). A partir da próxima semana, todas as mulheres atendidas em pré-natal e consultas ginecológicas nas Estratégias de Saúde da Família (ESF) vão receber folders informativos preparados exclusivamente para essa campanha.

Segundo o coordenador do PAISM, Hugo D. Maia Torquato Paredes, a campanha desse ano será diferente por conta do momento atual do país, mas a preocupação com o câncer de mama é constante e a ação não poderia passar em branco.

“Sabemos da importância das atividades desse mês, que já são  bem estabelecidas dentro das práticas da prefeitura. Entendendo a necessidade da mulher conhecer o seu corpo, a gente sempre salienta a ideia de que é preciso fazer o autoexame durante todo o ano, mas o mês de outubro é o momento que a gente se debruça ainda mais na luta e prevenção ao câncer de mama”, observa Hugo.

Para fixar ainda mais esse entendimento em meio às mulheres, foram confeccionados folders com as principais informações de prevenção a esse câncer, com informações escritas de maneira simples. Os folders serão entregues a cada consulta, pelos profissionais de saúde e os  cartazes fixados no espaço de convívio dentro de cada unidade.

Como prevenir – Segundo estatísticas do INCA, o câncer de mama é o que mais mata mulheres em todo o mundo. Mas, se descoberto no início, tem grandes chances de cura. Por isso a importância de se fazer o Exame Clínico das Mamas, procurando o serviço de saúde mais próximo de sua casa. Esse exame deve ser realizado anualmente ou sempre que a mulher tiver alguma alteração nas mamas.

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com adoção de hábitos saudáveis como:

 

- Praticar atividade física, evitando obesidade;

 

- Alimentar-se de forma saudável, preferindo alimentos in natura;

 

- Evitar consumo de bebidas alcoólicas e fumo;

 

- Evitar uso de hormônios sintéticos;

 

- Evitar exposição frequente a radiações ionizantes;

 

- Praticar o aleitamento materno, pelo menos seis meses após o parto.

O Programa – O PAISM faz parte da Secretaria Municipal de Saúde e funciona no Centro de Especialidades Médicas Dona Alba Corral, na Rua Governador Roberto Silveira, nº 108, 2º andar, sala 204, no Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (22) 2772-2903  e e-mail programasaudedamulher@macae.rj.gov.

Crédito: Divulgação

Mais lidas da semana