Mídias Sociais

Cidades

Em Cabo Frio, campanha contra gripe H1N1 não atingiu meta de vacinados e não será prorrogada

Publicado

em

 

Segundo Secretaria de Saúde, somente 19 mil pessoas foram imunizadas contra a influenza, enquanto a meta é 53 mil

Daniela Bairros

A campanha de vacinação contra a gripe influenza, também conhecida como H1N1, em Cabo Frio, não atingiu a meta de vacinados e não será prorrogada. Segundo a Secretaria de Saúde, após um mês de campanha, somente 19 mil pessoas foram imunizadas, enquanto a meta é de vacinar 53 mil. A vacina estará à disposição até a próxima sexta-feira (26) em 24 postos, sendo eles: Centro de Saúde Oswaldo Cruz, no Braga; Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança; ESF’s Vila Nova, Parque Burle, Guarani, Praia do Siqueira, Manoel Correa, Gamboa, Vila do Sol, Jacaré, Monte Alegre, Boca do Mato, Tangará, Samburá; UBS Itajuru e UBS/ESF Peró; PAM de Santo Antônio, Posto de Saúde de Unamar, PS’s Angelim e Botafogo, PSF’s Pacheco/Araçá, São Jacinto, Nova Califórnia, Maria Joaquim.

O público-alvo da campanha são crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (é necessário apresentar caderneta de vacinação), gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), profissionais da saúde, povos indígenas, professores em atividade, pessoas com 60 anos ou mais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, além de pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independente da idade, mas que tenham prescrição médica.

É necessário ficar atento às restrições, já que pessoas com alergia a ovo não devem tomar a vacina e as que estão com alguma infecção aguda devem aguardar o término do tratamento. A influenza é uma doença viral de transmissão respiratória que apresenta sintomas como febre alta, dor no corpo, tosse, desânimo, dor de cabeça, podendo apresentar insuficiência respiratória e causar a morte.

 

Crédito: Divulgação

 

Mais lidas da semana