Mídias Sociais

Cidades

CPI do Hospital da Mulher de Cabo Frio terá reunião aberta nesta quarta-feira, 20

Publicado

em

 

A Comissão parlamentar de inquérito (CPI) criada para investigar a situação do Hospital da Mulher, em Cabo Frio, realizará nesta quarta-feira, 20, a primeira reunião aberta. O encontro será realizado no plenário da casa legislativa, a partir das 10h.

A ideia do encontro, segundo o presidente da Comissão, o vereador Ricardo Martins (SD), é comparar os dados recebidos, com informações e denúncias, para cruzar as informações e apurar as possíveis negligências médicas.

“Vamos analisar os documentos fornecidos, cruzar os dados com as denúncias e realizar oitivas. Nosso objetivo é democratizar a discussão e ouvir além das pacientes denunciantes e seus familiares, outros agentes da área de saúde”, destacou Martins.

Na sexta-feira, 15, foram entregues a comissão os documentos solicitados à direção da unidade hospitalar. Entre a documentação, impressa e pendrives estão cópias do livro de entrada e saída dos pacientes, cópia do livro do livro de óbitos, cópia de guias de entrada e saída de insumos, relação nominal e registro de frequência dos funcionários e cópia do controle de movimentação das ambulâncias que estão a serviço do Hospital da Mulher nos meses de novembro/2018, dezembro/2018 e janeiro/2019.

 

A CPI - A Comissão foi criada em fevereiro deste ano com o objetivo de investigar as denúncias de mortes de nascituros que ocorreram no Hospital da Mulher, no início do ano, e várias denúncias de negligência que foram registradas na delegacia de Cabo Frio, Câmara e no Conselho Municipal de Saúde, resultando, inclusive, em uma audiência pública.

Os integrantes da comissão terão 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, para concluir as investigações

Mais lidas da semana