Mídias Sociais

Cidades

Cidades afetadas por óleo definem medidas compensatórias a serem cumpridas pela Petrobras

Thaiany Pieroni

Publicado

em

 

Representantes das cidades de Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio, se reuniram para definir os itens a serem sugeridos à Petrobras como doação, após o vazamento de óleo que atingiu as praias das três cidades. A sugestão de doação foi do Ministério Público Federal e é uma forma de compensação pelos danos causados.

Serão solicitados uma embarcação do tipo Flex Boat SE 760, que pode ser usada em contenção de vazamentos e em patrulhamento da costa, equipamentos de proteção individual – EPI –, barreira de bóias para contenção de óleo, um drone e rádios VHF, para comunicação entre os municípios, além da capacitação para pronta-resposta em casos de vazamento, a ser ministrada aos agentes ambientais, guardas marítimos, canoístas, surfistas, velejadores, pescadores e voluntários da sociedade civil.

Um documento com todos os itens será elaborado pela Guarda Marítima e Ambiental de Cabo Frio e entregue em conjunto pelos três municípios para a chancela do Ministério Público Federal.

“Temos que entender que esse vazamento serviu de alerta para os nossos municípios.  Não foi o primeiro e nem será o último. Como a prerrogativa de estipular multa, nesse caso, é do Ibama,  o Ministério Público sugeriu  e a Petrobrás acatou essa doação aos municípios.  Independente dessa doação, o MPF também moverá uma ação penal contra a Petrobras após a mensuração dos danos.  Acreditamos que com esses equipamentos e com a capacitação, estaremos prontos para uma primeira ação de contenção até que as equipes do Ibama e da Petrobras cheguem ao local”, afirmou o coordenador de Meio Ambiente da Secretaria de Desenvolvimento, Mario Flavio Moreira.

 


 

Mais lidas do mês