Mídias Sociais

Cidades

Chuva intensa deixa diversos pontos alagados na Região dos Lagos

Publicado

em

 

Chuva deve continuar com menos intensidade nesta sexta-feira (05) 

Depois de três dias de intenso calor, a primeira chuva do ano chegou causando transtornos em quase todo o Estado do Rio de Janeiro. Na Região dos Lagos, a maioria das cidades ficou com pontos graves de alagamento.

Em São Pedro da Aldeia, 46 pessoas ficaram desalojas. De acordo com a Defesa Civil, com a intensidade da água, casas ficaram alagadas e um imóvel precisou ser interditado.

Em Búzios, diversas ruas também apresentaram sinais de alagamento. Na rua Francisca Bento, na Rasa, uma árvore centenária chegou a cair, afetando o trânsito em meia pista. Algumas das vias mais utilizadas na cidade, como a Avenida José Bento Ribeiro Dantas e Trevo do Barbuda também ficaram alagadas.

Na cidade de Cabo Frio, algumas ruas também apresentaram alagamentos, o que deixou o trânsito um pouco mais lento. Mas apesar da chuva intensa, foi possível ver alguns visitantes aproveitando a Praia do Forte, sem medo da chuva.

Em Tamoios, as muitas ruas sem pavimentação foram as mais atingidas com alagamentos. Nesses pontos, a água deve permanecer acumulado por alguns dias, até que a terra consiga absorver. É necessário atenção, devido aos buracos camuflados.

Em Araruama, quase todas as ruas apresentaram problemas com alagamento. Em muitos pontos, os moradores ficaram impossibilitados de saírem na rua. A situação também ficou delicada em Iguaba Grande. As duas cidades costumam apresentar o maior índice de alagamentos em dias de chuva.

Chuva pode continuar com menos intensidade – O alerta laranja emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia, encerra às 9h, desta sexta-feira, 05, mas a chuva ainda pode cair com menos intensidade.

Em Cabo Frio, o dia deve ser com sol e muitas nuvens durante o dia. A chuva pode cair a qualquer momento.

Em São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande e Araruama também há previsão de pancadas de chuva com trovoadas para esta sexta-feira, 05.

Vale lembrar que caso a chuva volte a cair com maior intensidade, a população deve evitar enfrentar o mau tempo, observar alteração nas encostas; E se possível, desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos.  Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)

Thaiany Pieroni

 

Mais lidas da semana